quarta-feira, maio 11, 2005

ENSINO SUPERIOR REMODELADO | AVALIAÇÃO EXTERNA DAS UNIVERSIDADES

Avaliação externa das universidades em causa

"O Governo quer uma avaliação das universidades a nível internacional, mas o presidente do Conselho Nacional de Avaliação do Ensino Superior (CNAVES), Adriano Moreira, já avisou que faltam verbas "

O governo está com problemas financeiros?

Nada mais fácil de resolver, nem se percebe onde esta a complicação, basta para isso falar com a ordem dos arquitectos, visto que ela já iniciou esse processo em 2002 e pode ensina-vos a sacar dinheiro ás universidades e aos alunos recém licenciados.

1º requisito : não há requisitos é sempre a sacar euros

Vejam só:
• Prova de Admissão: €150,- houve dois exames, um em Novembro e outro em Março, destinados a chumbar , Fizeram este exame 51 licenciados x 2=102 x 150 = 15.300 euros !!!!!

• Recurso da Prova de Admissão: €100,- Eles neste capitulo não facturaram muito visto terem chumbado 90 % dos licenciados

Quantas vagas abriram anualmente?
1866, sendo 316 nas universidades públicas .

• Estágio e Formação: €300,fazendo a conta por baixo - 1000 recém licenciados x 300=300000 euros !!!!!
  • Que descaramento!!!!
Porque é que arquitectos provenientes de cursos que têm estágio no currículo escolar o têm que repetir para a Ordem?
Percebe-se perfeitamente a ideia da OA, afinal 300000 já é dinheiro.

• Reconhecimento de Cursos (CDN): €3000, fazendo as contas = 3000€ x 9 cursos = 27000 euros !!!!!

• Acreditação de Cursos (CDN): €9500,fazendo as contas = 9500 x 12 cursos = 114000 euros !!!!!


Total: 456.300.00 euros ? não.
Tanta especulação nas contas e afinal a ordem já fez as contas todas é só consultar que vão ter uma agradável surpresa:


Resumo: arqportugal
Oficial : OA




Promoção universidades: aprovei-te já, não pague a acreditação 9500 €, faça apenas o reconhecimentos por 3000 €, que os alunos pagam o resto com a prova de admissão !!!
Campanha válida até 2007

Comments on "ENSINO SUPERIOR REMODELADO | AVALIAÇÃO EXTERNA DAS UNIVERSIDADES"

 

Anonymous Anónimo said ... (quarta-feira, 11 maio, 2005) : 

Ainda dizem que o pais ta em crise economica.
Crise mas qual crise?

obrigar os recém liceciados a pagar:

300 euros pelo estágio

150 euros pela prova de Admissão:

100 euros pelo recurso da Prova de Admissão se for o caso disso que é o mais provavél visto os 90% de chumbos

Transporte e alojamento e alimentação durante durante 4 dias em Lisboa ou no Porto para as acções de formação, com a resultante de deixar de trabalhar e não ganhar claro


Transporte e alojamento e alimentação durante durante 3 semanas em Lisboa ou no Porto para a prova de aptidão, com a resultante de deixar de trabalhar e não ganhar claro
Não vou fazer estas contas como é obvio, isto não pode ser assim de forma alguma

Existem muitos estagiários que estão a estagiar sem serem remunerados!!!!!!!!!!!!!!!!!

Inscrição Temporária (com a duração de um ano, renovável):

€285,- no primeiro ano
€190,- renovação anual

Agora digam-me lá o que se anda a passar na ordem dos arquitectos?
vãos destruir a profissão ainda mais!!!!
À pala dos estágios vai acontecer o mesmo que aconteceu aos jornalistas e aos advogados.

O estágio da ordem = ordenados miseraveis concorrencia desleal banalização do arquitecto,

eu já estou a sentir isso na pele

Desculpem me lá mas que grandes FDPS

afinal os cursos de arquitectura já tem estágio integrado para que andar a inventar tal aberração?

Para a ordem echer os bolsos de euros, à pala de um pais miseravel


Ganda palhaçada


Parabens pelo blog, e desculpem o alongamento

 

Anonymous Anónimo said ... (quarta-feira, 11 maio, 2005) : 

Gandas gatunos!!!

 

Anonymous Anónimo said ... (quinta-feira, 12 maio, 2005) : 

O que eu acho giro no meio disto tudo, é que eu leio, e isto e aquilo e tal e coiso, mas o certo é que a sala de formação da ordem dos ditos cujos, está sempre cheia de lindos meninos, prontos a largar a guita e a nao aprender nada.. isto é.. deviam ir lá observar a palhaçada, porque os meninos lindos e burros pagam para ir dormir para a cadeira da " tal sala de formação"..

Mas continuem a pagar, caros amigos, sim, paguem aí, feitos lindos meninos, continuem a encher os bolsos á Ordem, mas nao se esqueçam, falem, escrevam aqui, como se estivem mesmo revoltados!!!

Ao menos devem ficar de consciencia mais tranquila??!! Deve ser isso, nao??.. e quando abrirem os olhos e virem que afinal, ao estar a ceder a estas brincadeiras monetárias d Ordem, só estao a prejudicar-se a voces proprios, por irem de encontro com tudo o que foi e está a ser feito para acabar com este circo, e os excelentissimos senhores, nao entraram no barco, daqueles que teem a razao.. Aí sim, vai doer!!
Expliquem-me como é que voces cedem a uma ilegalidade e compactuam com uma discriminação?? Expliquem-me porque está fora do meu alcance..

AAAAhhh já percebi, tem medo.. Medo?? Medo do que??

Passo a definir o que sao " pessoa que tem razao" : Pessoas que nem se quer se chateiam em deslocar-se á Ordem, que se ri na cara deles, por estas broncas.. e que seguem com a luta e com a sua vida para a frente nao dando qualquer hipotese nem de credibilidade, nem razao, a esta instituição, da tanga, dos lobbies e dos famosos " tachos"

Amigos, deixo á vossa consideração as vossas atitutes, mas depois nao se queixem..

Cumprimentos

 

Blogger arqportugal.blogspot.com said ... (sexta-feira, 13 maio, 2005) : 

Caro(a) Colega

Percebe-se perfeitamente a tua revolta e indignação, tou a ver que és um(a) resistente do sistema.
Já agora seria interessante perceber quais os procedimentos que tomas-te relativamente a este problema e quem sabe unirmos esfoços nesse sentido.

arqportugal.blogspot.com

 

Anonymous Anónimo said ... (sexta-feira, 13 maio, 2005) : 

Caro(a) colega:

Informo-me e sou informada constantemente de todo o processo de acreditação, reconhecimentos e a inexistencias dos dois.
Aparte disso, fui e continuo a ser participante de um processo, que parece que nao existe, na Provedoria da Justiça, bem como participei em manifestações de revolta contra o sistema.
Tudo que o que está ao meu alcance farei..

Tentei provar á Ordem que o RIA tinha lacunas gigantes, mas os espertinhos, mas nao inteligentes, deram a volta á questão, introduzindo novas regras, " regras de ultima hora".. para assim, nao permitir, pessoas que cumprem objectivos e se sujeitam a diversas situação dentro da lei, entrem no sistema falhado deles.

Considerando tudo o que fiz, faço e tenciono fazer, e todo o tempo que perdi, perco e continuarei a perder, pela justiça, e principalmente dinheiro investido.. Não me sujeitarei ás injustiças e a uma atitude que luto contra !! Não faria sentido, tanta luta e tanto esforço, para depois entrar á mesma no " joguinho" dos meninos da Ordem.

Seria hipócrita da minha parte.

Sei que me sujeito a muita coisa, mas também, sei que trabalho e que sou Arquitecta e sei o meu valor e o valor daquilo que me foi instruido, nos 6 anos de ensino nesta area que uns dizem que vale e é bom, e outros dizem que nao vale e que nao presta.

Amigos decidam-se, em que ficamos??

Todos por um e um por todos.. ou vamos por meias doses eu digo isto, mas faço o contrario..??


Já pensaram, se ninguem, mas ninguem, nem um tolerasse esta situação, imaginem, ninguem se inscrevesse?? Eu acho que pesava nos bolsos da Ordem, nao acham? Mais uma forma de revolta e de luta, mas que nao pode ser levada avante.. e sabem porque?? Se aqueles que lutam contra, curvam-se perante esta afronta, como se convence alguém, que tá-se nas tintas para estas coisas todas?

Por hoje termino por aqui..

Mais uma vez deixo á vossa consideração..
Cumprimentos

 

Anonymous paulo d said ... (sexta-feira, 13 maio, 2005) : 

Será que o Sr. Advogado Sá Fernandes (o mesmo do Túnel do Marquês) soubesse o que se passa, conseguia interpor uma providência cautelar para alguém (OA) finalmente abrir os olhos?

Paulo D.

 

Anonymous Anónimo said ... (sexta-feira, 13 maio, 2005) : 

Duvido. Ele agora anda atrás da CM de Lisboa, deve andar ocupado.

Mas nao custa tentar.. Eu posso ir de porta voz, já que sou de Lisboa, ou pelo menos perguntar honorários, pois, porque se vamos estar á espera da Provedoria da Justiça, acho que vamos morrer secos.

Façam saber as vossas opiniões

 

Blogger arqportugal.blogspot.com said ... (sexta-feira, 13 maio, 2005) : 

O Advogado Sá Fernandes já anda envolvido com a ordem dos arquitectos nas questões urbanisticas de lisboa, aqui a uns tempos atrás deu uma conferência juntamente com a EXMO Arquitecta Acreditada Helena Roseta na sede da OA.

 

Anonymous Super Arquitecto said ... (sexta-feira, 13 maio, 2005) : 

Acreditada?????????????????

Já agora o que acham de pormos a helena a fazer o dito exame.

É sem duvida hilariante a resposta que ela deu a uma jornalista, depois de ter falado durante uma hora de : PS, 25 abril,Politica, PS, 25 abril,Politica , PS, 25 abril,Politica zzzzzzzzzzzzz, e eu a pensar :

Então esta senhora não fala uma vez de arquitectura?

Não fala dos problemas dos problemas que o pais atravessa ao nivel da arquitectura nomeadamente o 73/73?

mas a jornalista lembrou-se

jornalista: Sr. arq. vc é arquitecta, diga-me lá os projectos em que esteve envolvida ja agora. :)

helena: Fiz alguns trabalhos de planeamento .

eu: O quê???!!!! Esta senhora presidente da ordem dos arquitectos descreve assim o seu trabalho de arquitectura desta forma? Não referindo a realidade social e o sentido plástico da época enquadramento temporal

LOCAL IDEIA FILOSOFIA CONCEITO

SR deputada, ups já não é, e ainda bem, fale mais de arquitectura , afinal a senhora é apenas PRESIDENTE da Ordem Dos Arquitectos de Portugal

Desculpem novamente o alongamento

 

Anonymous Aqui quem fala sou eu: said ... (sábado, 14 maio, 2005) : 

Um estágio talvez desnecessário: "Há quase dez a Ordem dos Arquitectos [OA] assistiu à multiplicação dos cursos de arquitectura em Portugal em instituições públicas e privadas. Assistiu inclusive, à aprovação pelo Ministério da Educação, de cursos com metade das horas de projecto requeridas pela directiva comunitária. Incapaz de pressionar o governo, a OA decidiu pressionar os arquitectos recém-licenciados."

Saída fácil: "Os cursos serão melhores ou piores. No entanto, parece improvável que uma simples prova possa garantir a aptidão para o exercício da profissão de um licenciado em arquitectura de interiores.
Também me parece inverosímil que um licenciado pela Universidade do Minho seja substancialmente menos capaz que um licenciado pela Universidade do Porto.
Por outro lado, se se aceita que esta prova pode demonstrar a aptidão para o exercício da profissão, talvez se devesse aceitar que licenciados em engenharia civil a pudessem fazer.

 

Anonymous Anónimo said ... (terça-feira, 17 maio, 2005) : 

O estágio da Ordem é sem duvida o maior loby criado nos ultimos tempos na classe dos arquitectos, os resultados negativos tendem a aparecer com o decorrer do tempo, hoje existem escritórios a funcionar à base de mão de obra sem ser remunerada (escravatura), concorrência aciganada para quem quer ter empregados a receber um justo ordenado como tenho eu .

Assim não vamos a lado nenhum infelizmente
Então e o 73/73, isso parece não interessar tanto a ordem ????!!!!!

 

Blogger arqportugal.blogspot.com said ... (terça-feira, 17 maio, 2005) : 

A ordem deveria aproveitar a força dos jovens recém licenciados, para lutar contra o tal 73/73, no entando esta só consegiu inrritar e criar odios inrreversiveis nos jovens licenciados, uma vez que a maioria esá neste momento privada de exercer a sua profissão enquanto um engenheiro tecnico civil, pode subscrever projectos de arquitectura, etc.

A ordem da ordem são: prejudicar os jovens arquitectos em 1º lugar

Continuar a permitir que os projectos de arquitectura sejam sbscritos por pessoas não qualificadas

A situação é simplesmente insustentavel e vergonhosa

 

Anonymous paulo said ... (terça-feira, 17 maio, 2005) : 

Um engº técnico civil até podia parecer um iluminado na arquitectura, se virmos bem até um engº de minas pode assinar projectos de arquitectura (já que um licenciado com curso superior em arquitectura não pode, acho bem que um bacharel mineiro o faça). Pois meus amigos, é o 73/73 que temos!!!

 

Anonymous Anónimo said ... (terça-feira, 17 maio, 2005) : 

A juntar ao 73/73 que temos, ainda por cima temos temos uma ordem fdp, que anda a complicar a vida aos arquitectos.
Eu sou arquitecto e é o meu engenheiro técnico que me faz as especilidades que posteriormente me assina os meus projectos, ando no momento á procura de um eng de minas pode ser que me leve mais barato!!!!!
Que situação mais estupida que esta ordem criou.

Cambada de anormais!!!!!!

 

Blogger LDWL said ... (quarta-feira, 18 maio, 2005) : 

Pois é!! Andamos nós a recolher assinaturas também para algo que não se vê!! 73/73, o que é!?!? Perguntei a um tio meu que é empreiteiro lá na terriola dele, para ele perguntar ao desenhador dele (antes torneiro mecânico com conhecimentos de régua e esquadro) o que era. Eis que ele me diz que 73/73 é a medida de umas janelas de aluminio que o Ti jaquim (um que tb desenhava por ai umas casitas) fazia...
Pois é...somos espremidos, humilhados na faculdade, humilhados no país real por uma mentalidade toldada por uma anárquia vigente, por um completo caos urbano (onde até o Sr. Lebbeus Woods sairia doente) onde todos desenham, tudo se faz, tudo se constroi/destroi e nada se paga...Com o amigo certo, tudo se consegue! E a nossa AMIGA ORDEM DOS ARQUITECTOS, a defensora dos nossos direitos (será???), aquela a quem falta dinheiro para tudo, aquela a quem pagamos balúrdios para nos transformármos em arquitectos, ou para eles comprarem belos CAR(G)ROS!! Onde vamos nós parar, assim vale a pena fazer um estágio nos nossos vizinhos e inscrever-nos num belo colégio de arquitectos...Vamos PENSAR!

 

Anonymous Carlos said ... (quarta-feira, 18 maio, 2005) : 

""""E a nossa AMIGA ORDEM DOS ARQUITECTOS, a defensora dos nossos direitos (será???)"""

Ainda Duvidas desses FDPS?

 

Anonymous Anónimo said ... (segunda-feira, 06 junho, 2005) : 

Se a Arqª Helena Roseta "quer continuar a manter a imagem de democrata e de pessoa que se move por causas justas, que tinha antes de entrar para a OA", não tem outro caminho senão o de NÃO ADMITIR a entrada directa E CONTINUAR A TRABALHAR no sentido da inscrição de TODOS os licenciados na ORDEM DOS ARQUITECTOS depois de uma prova de admissão como é feita na ORDEM DOS ADVOGADOS e na ORDEM DOS MÉDICOS.

 

post a comment