terça-feira, fevereiro 27, 2007


Comments on ""

 

Blogger arqportugal.blogspot.com said ... (terça-feira, 27 fevereiro, 2007) : 

EXPOSIÇÃO PROGRAMA POLIS - VIVER AS CIDADES
CICLO DE CONFERÊNCIAS - 2ª Conferência esta 4ª Feira com a participação Prof.ª Graça Saraiva - "Cidade e o Campo " às 18 horas

Pavilhão de Portugal (entrada gratuita)

O Gabinete Coordenador do Programa Polis e a Parque Expo´98, estão a organizar uma exposição de âmbito nacional sobre o desenvolvimento das diversas intervenções do Programa Polis.

A exposição tem por objectivo a divulgação das acções realizadas em 39 cidades no âmbito do Programa Polis, demonstrando as medidas implementadas a todos os níveis, quer as que se materializaram em obras, quer as que se centraram em estudos e planeamento.

Será realizado um ciclo de conferências subordinado aos grandes temas que compõem a exposição:
Valorização Ambiental, Requalificação Urbana e Mobilidade.
As conferências são todas quartas feiras às 18 horas no Pavilhão de Portugal (Entrada Gratuita)

21 de Fevereiro - "Cidades" _ Nuno Portas
28 de Fevereiro - "Cidade e o Campo " _ Graça Saraiva
7 de Março - "Requalificação Urbana " _ Manuel Salgado
14 de Março - "Valorização Ambiental"_ Teresa Andersen
21 de Março - "Mobilidade" _ Fernando Nunes da Silva
28 de Março - " Histórias da Cidade" _ Ana Tostões
4 de Abril - " Cultura de Cidades, Cultura de Cidadania" _ Jorge Gaspar
11 de Abril - " PolisXXI" _ João Ferrão


Para além da exposição e das conferências realizar-se-à O Dia da Cidade Polis . Este dia pretende assinalar a participação de cada uma das cidades que viram o seu território alterar-se com a intervenção do Programa Polis e funcionar como uma acção de divulgação do que melhor se faz localmente.

Esta iniciativa, que constitui a oportunidade ideal para a deslocação das forças vivas do Concelho à exposição Viver as Cidades/Programa Polis, terão lugar às Sextas, Sábados e Domingos, ao longo do período em que decorre a Exposição.

Num espaço próprio e durante o horário normal de exposição decorrerão iniciativas da responsabilidade das diversas cidades aderentes, que pretendem promover os elementos mais característicos dos respectivos concelhos, e incluem conferências, mostras culturais e gastronómicas.

O lema do Programa Polis é Viver as Cidades.
O Dia das Cidades pretende fazer Viver cada uma delas!
Para mais informações vejam o site do evento http://www.polis.maotdr.gov.pt/
Ou contacte o
Gabinete Coordenador do Programa Polis
( http://www.polis.maotdr.gov.pt/index2.html )
Rua de "O Século", n.º 53 - 3º
1200-433 Lisboa
tel: 213231591
fax: 213231597

 

Anonymous KHORA said ... (quarta-feira, 07 março, 2007) : 

No nosso país todos os responsáveis directos vivem de teorias, parece que fica bem tentar imitar Leonardo Benevolo, ou o Bruno Zevi. È pena que não se passe, na grande parte dos casos para a prática.

Não pondo em causa esta conferência, trata-se na verdade somente mais do mesmo, a requalificação ambiental, as cidades e mais blá blá arquitectónico, sendo garantido que
não se vão falar dos problemas que realmente afectam as cidades e o país.

Por isso pergunto se iremos ver o programa polis de Viana do Castelo ou o Polis da Costa da Caparica ou o Polis de Albufeira ou ainda o Polis de Aveiro?

O programa Polis acaba este ano (leia-se o dinheiro do respectivo programa), como resolver os projectos que não foram executados e que vão ficar por construir? Muito fácil, pagam-se os arquitectos (sempre os mesmos) que tiveram um trabalho legítimo (à luz da lei mas não da moral e da ética) com dinheiro dos contribuintes. A crise na construção continua a ser só para alguns.

Com o programa Polis nasceram alguns equipamentos, mas no fundamental o que cresceu foi o interesse por fazer habitações e escritórios para ganhar dinheiro, muito dinheiro.

Como diria o Arq. Ribeiro Telles, se Portugal crescesse em número de habitantes para ocupar grande parte das habitações existentes no País, não seríamos dez milhões mas teríamos de passar para os trinta milhões.

 

Anonymous Anónimo said ... (quarta-feira, 07 março, 2007) : 

Entrada gratuita para não ficar vazio, devido à falta de interesse e desconhecimento que existe sobre o dito programa.

 

Anonymous Anónimo said ... (quarta-feira, 07 março, 2007) : 

O pessoal de Lisboa fala de barriga cheia. Entrada gratuita para ninguém ir. Até dá pena. Façam essas conferências no Algarve, que a malta de cá, mesmo a pagar, vai.
Aí... é dar pérolas a porcos (sem ofensa). Não aproveitam nada do que se lhes é dado. E nós por cá desenjando ter alguma coisa dessas.

 

Anonymous Anónimo said ... (quarta-feira, 14 março, 2007) : 

O Pólis da Costa da Caparica começou por iniciativa da maré, e a grande obra foi colocar lá uns calhaus.

Se repararem tem lógica, somos todos uns calhaus (inadvertidamente ou não) que nunca vemos resultados destes programas, mas que nos dispomos sempre a pagá-los, quer queiramos quer não.

E quando o mar trouxer a areia? Vamos tirar os calhaus, ou deixaremos que nos atirem areia para os olhos?

 

post a comment