segunda-feira, novembro 27, 2006

ENTREGA DA PETIÇÃO | SISTEMA DE ADMISSÃO DA OA

Recebido via mail.


"Caros Colegas,


A APELA teve a circular durante o corrente ano uma Petição cujo objectivo é sensibilizar a Assembleia da República para a discussão sobre o Sistema de Admissão da Ordem dos Arquitectos.

Uma vez que a Ordem dos Arquitectos alterou novamente o Sistema de Admissão, com a entrada em vigor do novo Regulamento de Inscrição em Outubro passado, uma vez que o Supremo Tribunal Administrativo do Porto declarou o anterior Regulamento Interno de Admissão inconstitucional e também uma vez que é crescente o número de processos a dar entrada nos tribunais solicitando a declaração de nulidade do Sistema de Admissão da Ordem dos Arquitectos, considerámos que seria altura de entregar a Petição na Assembleia da República.

Como tal, e após solicitação da APELA, a entrega da Petição foi agendada pelo Ex.mo Presidente da Assembleia da República para amanhã, dia 28 de Novembro. Desta forma, convidamos todos os colegas que desejem estar presentes a comparecer na escadaria da Assembleia da República amanhã, às 10h00.

A Assembleia da República tem a obrigação de se pronunciar sobre o Sistema de Admissão da Ordem dos Arquitectos, tomando, adoptando ou propondo as medidas que considere necessárias para a completa resolução desta questão.

Gratos pela preciosa atenção e com os melhores cumprimentos,

Pela Direcção Nacional da APELA,

Diogo Corredoura.


Associação Portuguesa de Estudantes e Licenciados em Arquitectura

Ninho de Empresas da ARQCOOP
Rua João Nascimento Costa, Lote 7
1900-269 Lisboa

Tel: 210 107 840
Fax: 210 107 841

apela_mail@yahoo.com
www.apela-pt.com "

Comments on "ENTREGA DA PETIÇÃO | SISTEMA DE ADMISSÃO DA OA"

 

Anonymous Anónimo said ... (segunda-feira, 27 novembro, 2006) : 

O pessoal que estava tão emprenhado entes de estarem inscritos na OA, e que diziam: quando lá estiver vou lutar com todas as forças que tiver contra as ilegalidades. Estou curioso para ver quantos vão à Assembleia da Republica, mas principalmente ao congresso da OA e às assembleias gerais. São, como eu sempre pensei, uns hipócritas e uns cobardes. A maior parte deles nunca prestou para nada e nunca prestará.

 

Anonymous Contra os tótós dos anónimos said ... (terça-feira, 28 novembro, 2006) : 

Claro que ninguém presta, viva a tua sinceridade.
Tu vais sempre aos congressos da OA e às assembleias gerais!!!!... Deve ser à paisana, Ó anónimo.

anónimo


do Lat. anonymu < Gr. anónymos, sem nome

s. m.,
aquele que não assina o que escreve;

 

Anonymous arq! said ... (terça-feira, 28 novembro, 2006) : 

Lá se vai o estágio ilegal da OA, espero que a entrega das assinaturas tenha corrido bem e parabéns ao Diogo pela perseverança .

 

Anonymous Anónimo said ... (terça-feira, 28 novembro, 2006) : 

Ao anónimo erudito:
estou muito mais culto agora! Muito obrigado.
Ass. Anónimo.

 

Anonymous Pinto Coelho said ... (quarta-feira, 29 novembro, 2006) : 

REVISÃO DO 73/73

Para aqueles que pensam que as questões da revisão do 73/73 são favas contadas sugiro a consulta do link:

http://norte.ordemdosengenheiros.pt/frames/documentos/aordem/conteudo/noticias/ficheiros/noticias/20061122_Apreciacao_OE_proposta_IMOPPI_20061117.pdf

Ninguém deve esquecer que este assunto envolve muitos interesses e mexe com muito dinheiro e que, por isso, deve ter em conta o equilíbrio desses interesses.....

...Caso contrário corre o risco de ser novamente adiado.... O inevitável....!!!

 

Blogger BiPri said ... (quarta-feira, 29 novembro, 2006) : 

A petição está entregue e contou com 3.015 assinaturas. A publicação em Diário da República está assegurada mas a discussão em Plenário dependerá do relatório que a Comissão responsável vier a fazer.

Que não haja expectativas: fizémos o nosso trabalho mas é comum as petições arrastarem-se pela AR durante 2 ou 3 anos (se não for mais).

Entretanto aproveito para informar que no próximo dia 16 de Dezembro vai realizar-se a Assembleia Eleitoral da APELA e que era simpático aparecerem candidaturas para os órgãos. Quem vota são as associações e núcleos mas, à semelhança das federações, quem se candidata são as pessoas individualmente.

Ou seja, todos os estudantes e licenciados em arquitectura que cumpram os requisitos definidos no Estatuto da APELA são livres de constituir e apresentar uma candidatura aos órgãos da associação.

Farei chegar a informação completa ao administrador do blog.

Um abraço,

Diogo Corredoura.

 

Anonymous Anónimo said ... (sábado, 02 dezembro, 2006) : 

O pinto revela-se...!!

 

Anonymous Arquitecto Variações said ... (segunda-feira, 04 dezembro, 2006) : 

É p'ra amanhã
deixa lá não regules hoje
porque amanhã sei que voltas a não regular
ai tu bem sabes que o projecto foge
mesmo que na ordem tu estejas a trabalhar

Foi mais um ano e tu não fazes nada
mas os estagiários continuas a esfolar
Isto por si é um acto de maldade
Levam os portáteis para não comprares o autocad

É p'ra amanhã, É p'ra amanhã

Eu sei que tu tens trabalho para dar
Mas para isso o melhor é não pagar
tu não fizeste um estágio profissional
por causa disso só vemos merda em Portugal

Na arquitectura tu és um completo erro
Por isso só ladras como um pequeno "perro"
Devias então levar uma palmada
e não falares no congresso em Almada.

É p'ra amanhã, É p'ra amanhã
É p'ra amanhã, É p'ra amanhã

 

Anonymous Anónimo said ... (terça-feira, 05 dezembro, 2006) : 

...se a ordem não tem juízo...é a classe que paga...

 

Blogger BiPri said ... (terça-feira, 05 dezembro, 2006) : 

A OA anda muito sensível. Quando sairam as notícias sobre o processo da UFP apressou-se a emitir um comunicado a desmentir a verdade - que o tribunal não tinha considerado nada inconstitucional, só o sistema de acreditações e reconhecimentos... (então, declarou alguma coisa inconstitucional ou não?)

Desta vez foi a notícia de que a APELA tinha entregue a Petição na Assembleia da República. No dia seguinte já tinham no site que a Petição era "extemporânea" porque em Outubro já tinha entrado em vigor o novo Regulamento de Inscrição. Apesar de as notícias dizerem claramente que a APELA quer que a AR se pronuncie sobre o passado (se há indícios - provas mesmo! - de ilegalidades, que se peça à Procuradoria-Geral da República para averiguar) e sobre o presente (o actual RI também é inconstitucional porque não está previsto nenhum sistema de admissão na Lei de Autorização Legislativa de 1997).

Muito sensíveis...

O Congresso teve pouca adesão... O 73/73 está emperrado... A Secção Regional Sul está a dar problemas... A Helena Roseta foi corrida do aparelho do PS... E já há dirigentes da OA a afirmar que querem que a questão da admissão seja resolvida rapidamente porque... não querem "ir parar à prisão" (sic)!!!

À imagem do Sporting (clubismos à parte), este ano o Natal chegou mais cedo lá para os lados dos Banhos de S. Paulo.

Diogo Corredoura.

 

Anonymous Miguéis said ... (terça-feira, 05 dezembro, 2006) : 

Sou de opinião que a luta travada deve chegar até ao fim!
Que o problema da inconstitucionalidade deve ficar esclarecido;
Que a OA deve assumir os prejuízos que causou a tanta gente, pagando as devidas indemnizações;
Que para tal, todos os processos em tribunal continuem até verem pronunciadas as respectivas sentenças.

 

post a comment