segunda-feira, junho 06, 2005

ORDEM DOS ARQUITECTOS PORTUGUESES RESPONDE AO JORNAL INDEPENDENTE E PRESTA FALSAS DECLARAÇÕES

Noticia Ordem dos Arquitectos

"Exame de Admissão
O Independente – apesar de publicar (na página 47) um esclarecimento da presidente da Ordem dos Arquitectos sobre a notícia publicada a 25 de Maio – volta a fazer notícia com o Exame de Admissão à Ordem dos Arquitectos (na página 25): A Ordem dos Arquitectos (OA) garante que não há razões que justifiquem o processo de infracção que a Comissão Europeia moveu contra Portugal. Em questão está o polémico Regulamento de Admissão (RA), exame a que os licenciados são submetidos para poderem aceder à via profissional. Criada e instituída pela Ordem em 2002, esta prova é imposta a todos os graduados (título académico) que queiram inscrever-se na OA e, consequentemente, alcançar o titulo profissional que lhes permite aceder a uma carreira na sua área."
fonte:

http://www.oasrs.org/


I n c o m e n s u r á v e l

Prova é Imposta a todos os graduados?
A OA distingue os cursos de Arquitectura Nacionais que foram aprovados em portaria pelo Ministério da Educação, entre reconhecidos e acreditados e obriga os candidatos dos cursos reconhecidos a realizar uma prova de admissão.
Nesta prova DISCRIMINATÓRIA registam-se noventa por cento de chumbos.
______________________________________
Regulamento de Admissão OA
"Artigo 2º - Regulamento de Admissão OA, nº7 e 8
7. Os candidatos à Admissão à OA deverão sujeitar-se ao sistema de provas e créditos, nos termos descritos no Anexo IV deste Regulamento.
8. Até à data limite de 2007, os candidatos à Admissão provenientes de cursos Acreditados pela OA são dispensados da prova de admissão prevista no sistema de provas."
_____________________________________________

ALGUMA DUVIDA?
Os candidatos à Admissão provenientes de cursos Acreditados pela OA são dispensados da prova de admissão


No entanto o mais INCOERENTE está a seguir, onde a OA admitiu em 2004 a "tal" desigualdade de tratamento:


Preâmbulo
Aprovado na 44.ª reunião plenário do Conselho Directivo Nacional, em 17 de Novembro de 2004.
Adicionalmente, transfere-se a Prova de Admissão do início para o fim do Estágio, conforme orientação aprovada no 10.º Congresso. Estabelece-se ainda um prazo limite (2007) para a manutenção da actual dispensa de Prova de Admissão para os candidatos provenientes de cursos Acreditados pela OA.


"Admite-se que, entretanto, o Regulamento de Admissão deva ser novamente avaliado e revisto, a fim de se deliberar sobre a eventual manutenção, ou não, da desigualdade de direitos e tratamento entre licenciados provenientes de cursos Reconhecidos e de cursos Acreditados."


"não há razões que justifiquem" ?

Comments on "ORDEM DOS ARQUITECTOS PORTUGUESES RESPONDE AO JORNAL INDEPENDENTE E PRESTA FALSAS DECLARAÇÕES"

 

Anonymous Anónimo said ... (segunda-feira, 06 junho, 2005) : 

Esta ordem parece não respeitar ninguem, ainda por cima anda a inventar desculpas e não assume a situação que criou, que cobardia.
Sou aquitecto, tenho seguido atentamente este blog e estou deveras desiludido com a Ordem dos aquitectos.

 

Anonymous trabalhador 'nisto' da arquitectura said ... (segunda-feira, 06 junho, 2005) : 

Caro quase colega

Sem intenção alguma de ofender e compreendendo bem as suas expectativas, porque já as tive e ainda tenho (em relação à prática profissional) dir-lhe-ia, que essa desilusão parece-me resultar de ainda não ter tido oportunidade de trabalhar intensa e desgastantemente senão em prol de si próprio, desconhecendo o trabalho de gerações de colegas que permitiram o SA, a AA e a OA.

É necessário conhecer e respeitar o trabalho dos outros para que respeitem o nosso e para que possamos construir, esforçada e permanentemente configurações melhores para o mundo da ciência e do trabalho.

Se quisermos, claro, meter alguma ciência e algum trabalho nisto.

Respeitosamente, aqui estarei para algum debate sobre a matéria.

Alguém que tem trabalhado 'nisto'

 

Anonymous exigente said ... (segunda-feira, 06 junho, 2005) : 

Em contraponto ao primeiro post, que respeito, direi, contudo:

Se a Arqª Helena Roseta "quer continuar a manter a imagem de democrata e de pessoa que se move por causas justas, que tinha antes de entrar para a OA", não tem outro caminho senão o de NÃO ADMITIR a entrada directa E CONTINUAR A TRABALHAR no sentido da inscrição de TODOS os licenciados na ORDEM DOS ARQUITECTOS depois de uma prova de admissão como é feita na ORDEM DOS ADVOGADOS e na ORDEM DOS MÉDICOS.

 

Anonymous Anónimo said ... (segunda-feira, 06 junho, 2005) : 

NÃO À DISCRIMINAÇÃO!!!

IGUALDADE PARA TODOS!!!

 

Anonymous Anónimo said ... (segunda-feira, 06 junho, 2005) : 

Não seja demagógico! As Ordens de que fala, não merecem ser aqui comparadas porque não discriminam!
A Ordem dos Arquitectos é "especial": está acima da lei, acima da culpa, acima da responsabilidade e por isso, DISCRIMINA, DISCRIMINA, DISCRIMINA...

 

Anonymous será que o próprio ensino não é discriminatorio.... said ... (segunda-feira, 06 junho, 2005) : 

será que o próprio ensino não é discriminatorio....

ora vejamos, por exemplo, para entrar para o TOC (tecnicos oficiais de contas) , é preciso ter a media superior a 12 no final do curso ( forma que o TOC encontrou pra limitar de certa forma o acesso a este organismo , situacao semelhante,podemos dizer, no que diz respeito a arquitectura)

exemplo 1:

eu vou pra um ensino publico e acabo o curso com a media de 11 valores..
o meu amigo vai pro curso privado, pois nao conseguiu entrar na publica, e acaba o curso com 13 valores...

ele pode assinar, e eu nao??


será que ele ficou mais inteligente do que eu neste ultimos anos...

(historia discutida entre amigos que estudam economia..)



no caso do professor é a mesma coisa.. alunos no privado tem notas mais altas e acabam por tirar as vagas ao professores melhor prepados

eu tive uma professora de ingles, que mal falava ingles.. as aulas eram todas em portugues.. foi horrivel..


o ensino é discriminatorio.. e o ministerio tem a culpa!!

no caso de arquiectura verifica-se o mesmo, excesso de faculdades,excesso de alunos e a ordem encontra, uma forma facil, estupida e ridicula de limitar o acesso,quando devia ser o ministerio a controlar isto...


o exame na ordem dos advogados foi criado pra tb de certa forma limitar o numero de praticantes, todos sabemos o excesso de advogados neste pais.
nao tenho é certeza se todos os alunos o fazem, ou certas faculdades tem priveligios por assim dizer...


os lobbys sao muitos, e muito dinheiro das privadas entra no estado, por de baixo da mesa por assim dizer...

mas isto ja sou eu a divagar

saudacoes

 

Anonymous Anónimo said ... (segunda-feira, 06 junho, 2005) : 

O EXAME DA ORDEM DOS ADVOGADOS É SOBRE MATÉRIA DADA NAS ACÇÕES DE FORMAÇÃO DADAS DURANTE O ESTÁGIO E SOBRE MATÉRIAS CONCRETAS!! DEONTOLOGIA, ÉTICA, ETC.. SOBRE O EXERCICIO DA PROFISSÃO!!

ONDE O EXAME É PARA TODOS!!!

NÃO EXISTE DISCRIMINAÇÃO!!!

PERANTE A LEI NÃO EXISTE PESSOAS DE 1ª E DE 2ª!!!

 

Anonymous Anónimo said ... (segunda-feira, 06 junho, 2005) : 

è muito grave o que se està a passar...
Acho que nòs nao nos estamos a aperceber da gravidade!
A Ordem nao respeita os proprios membros, os futuros membros, a comissao Europeia, os jornais...o ESTADO!!!( se ainda existe!)
Nao percebo como chegàmos a este ponto...e aonde queremos chegar se estamos todos uns contra os outros!
Portugal nao è o unico pais no mundo e... està na Uniao Europeia!!! serà que isto nao tem qualquer significado e nao cria qualquer reacçao nas pessoas, nos ARQUITECTOS!
Serà que sò nos interessa futebol, telenovelas e tanto shopping!!!
Deveriamos reflectir mais sobre a nossa sociedade...
Deveriamos utilizar a nossa logica e a nossa inteligencia para melhorar Portugal...
Se continuamos a ter inveja, e a sentir-nos bem com a desgraça dos outros, dos nossos proprios filhos!!
...no caso da Ordem dos Arquitectos è a geraçao dos nossos pais que odeiam e tem inveja da nossa geraçao,jovem e com a Europa aberta a tantas possibilidades
Nao podemos deixar que nos tornem frustrados e pouco corajosos, temos que lutar pelos nossos direitos...

 

Anonymous Anónimo said ... (segunda-feira, 06 junho, 2005) : 

A ordem ainda não existe à muito tempo e já conseguiu uma imagem muito interessante na Comunidade Europeia, afinal somos sempre os primeiros a leva com o processo em cima, dizem que não há razões, vão ir a tribunal vão pagar e não bufar, gostav eu de saber com que dinheiro, deve ser com o dinheiro dos estágios não?

a ordem estranha
http://europa.eu.int/comm/internal_market/qualifications/infringements_fr.htm

 

Anonymous Anónimo said ... (segunda-feira, 06 junho, 2005) : 

RETIRADO DE:http://europa.eu.int/comm/internal_market/qualifications/infringements_fr.htm

Qualifications professionnelles: l’obligation de passer un examen imposée par le Portugal aux architectes diplômés d’autres États membres est contraire au droit communautaire

La Commission a décidé d’adresser au Portugal un avis motivé relatif à ses procédures de reconnaissance des diplômes d’architecte délivrés dans d’autres États membres.

La directive 85/384/CEE impose à chaque État membre de reconnaître automatiquement et sans condition les diplômes d’architecte délivrés dans tout autre État membre, dès lors que ces diplômes sont couverts par ses dispositions. Chaque État membre doit accorder au détenteur des qualifications requises, obtenues dans un autre État membre, les mêmes droits que ceux conférés par son propre diplôme national.

Cependant, les détenteurs de qualifications couvertes par la directive doivent passer un examen d’entrée pour être admis à l’ordre portugais des architectes (Ordem dos Arquitectos), auquel il est en fait nécessaire d’appartenir pour pouvoir exercer la profession d’architecte au Portugal. La Commission considère qu’il s’agit là d’une violation de la directive et d’un obstacle majeur pour les architectes diplômés d'autres États membres de l’Union qui souhaitent s’établir au Portugal.

Dans sa réponse à la lettre de mise en demeure (qui constitue la première étape de la procédure d’infraction), le Portugal a maintenu que l’obligation de passer un examen n’était pas contraire au droit communautaire. Contestant ce point de vue, la Commission a décidé de poursuivre la procédure par l’envoi d’un avis motivé.

Si le droit européen sur la reconnaissance des qualifications professionnelles n’est pas respecté, les personnes diplômées courent le risque de ne pas pouvoir faire valoir leur droit d’exercer leur profession dans n’importe quel État membre. En outre, lorsqu’ils bloquent la reconnaissance européenne des qualifications professionnelles, les États membres réduisent la possibilité offerte à leurs propres citoyens et entreprises de faire appel, aux fins de la prestation de services sur leur territoire, à des personnes qualifiées d’autres États membres.

 

Anonymous CSI said ... (segunda-feira, 06 junho, 2005) : 

Qum terá escrito esta noticia da Ordem dos Arquitectos, QUEM É O RESPONSAVEL? é completamente surreal parece estarem a gozar com as pessoas não percebo o que se anda a passar, mas aqules senhores andam a criar guerras tambem com a comunicação social!!!!!!!

È assim que querem promover a arquitectura e os arquitectos?

Tenho vergonha desta ordem corporativista e mentirosa, que acha que as pessoas são ignorantes, e que vem para aqui "tapar o sol com a peneira", COM PALAVREADO GRAVADO.

RIDICULO

 

Anonymous ARKIAL said ... (segunda-feira, 06 junho, 2005) : 

Como diria a minha avó: "metem como quantos dentes têm na boca"

Fiquei estupfacto com a noticia da OA, mas eles querem enganar quem? já não sei o que dizer e o que falar, será isto o reflexo do nosso País. ELES ACHAM QUE NÓS SOMOS ESTUPIDOS SERÁ?

 

Anonymous Anónimo said ... (segunda-feira, 06 junho, 2005) : 

ORDEM DOS ARQUITECTOS = NAZISMO
ORDEM DOS ARQUITECTOS = NAZISMO
ORDEM DOS ARQUITECTOS = NAZISMO
ORDEM DOS ARQUITECTOS = NAZISMO
ORDEM DOS ARQUITECTOS = NAZISMO
ORDEM DOS ARQUITECTOS = NAZISMO

 

Anonymous incrédulo said ... (segunda-feira, 06 junho, 2005) : 

arkial disse

ELES ACHAM QUE NÓS SOMOS ESTUPIDOS SERÁ?

e disse também:

vai ser lindo!!! a seguir vamos todos juntos de mão dadas para rua defender o 73/73 e a arquitectura,

oops.. repita lá?

de mãos dadas a defender o 73/73?

é lapso ou é a sério?

sabe o que é o 73/73?

gostaria de o perceber se fosse possível explicar melhor a sua ideia

 

Anonymous O MEXILHÃO said ... (segunda-feira, 06 junho, 2005) : 

"...agora sabendo como as coisas estao , e penso que um aluno que entre pra faculdade agora,pra uma reconhecida ou la como se chama, depois nao tem o direito de reclamar, ja saberia como é..."


... então e quando se entra para uma universidade, caso da Lusíada, que era acreditada e agora passou a reconhecida?!?

houve pessoas que entraram para a universidade lusiada nos ultimos 3/4 anos e que sairão para o ano como licenciados reconhecidos!! LOGO IRÃO TER QUE SE SUJEITAR AO EXAME!!

e então? essas pessoas que entraram com uma espectativa, que era uma boa universidade e estava acreditatada, onde os critérios de qualidades eram excelentes, OPTIMOS!! E NÃO IRIAM FAZER EXAME, ENTRANDO DIRECTAMENTE NA ORDEM SEM EXAME!

O QUE SE PASSOU, A LUSIADA PERDEU A QUALIDADE!!!

E AQUELES QUE FIZERAM EXAMES E CHUMBARAM COMO O CASO DOS LICENCIADOS PELA UNIVERSIDADE LUSÓFONA E A UNIVERSIDADE MODERNA, DURANTE 2002 E 2003!! QUE APÓS DESASTROSOS RESULTADOS DOS MESMOS AS SUAS UNIVERSIDADES SE APRESSARAM A PAGAR 9500€ PARA A ACREDITAÇÃO DOS CURSOS!! POIS PORQUE PARECE QUE A QUALIDADE SE COMPRA!! (RECONHECIMENTO 3500€ / ACREDITAÇÃO 9500€) E ASSIM O FUTURO DESSES LICENCIADOS ALTEROU-SE, E OS MESMOS MUDARAM DE MEDIUCRES PARA EXCELENTES ARQUITECTOS (NÃO É ATAQUE OBJECTIVO APENAS É UMA CONSTATAÇÃO DOS FACTOS)

TODOS ESSAS PESSOAS QUE CHUMBARAM NOS EXAMES ENTRARAM DIRECTAMENTE PARA A ORDEM.

E POR ACASO JÁ SE INFORMARAM QUAIS OS LICENCIADOS QUE PASSARAM NOS REFERIDOS EXAMES.

POIS É NO 1º EXAME EM 45 SÓ PASSARAM 5 GRADUADOS QUE VIERAM DA LICENCIATURA DE PLANEAMENTO URBANO DUMA UNIVERSIDADE PÚBLICA!!
PORQUÊ? COMO É QUE É POSSIVEL QUE SÓ QUEM VEM DE URBANISMO PASSE NO EXAME E NÃO QUE VEM DE CURSOS DE ARQUITECTURA!! ESTAMOS A FALAR DA ORDEM DOS ARQUITECTOS E NÃO URBANISTAS, ACHO!!

NO 2º EXAME EM 90 SÓ PASSARAM 2 GRADUADOS, UM PROVENIENTE DO MESMO CURSO DE URBANISMO E OUTRO, UM OUTRO, ALEMÃO VINDO DO PROGRAMA ERASMOS!!

O QUE ISTO QUER DIZER?

ONDE ESTÁ A COERENCIA?

ONDE ESTÁ A LÓGICA?

A INTENSÃO SÓ PODE SER BARRAR! DISCRIMINAR!

QUEM PODE DIZER OU AFIRMAR UMA COISA HOJE SE NÃO SABE COMO SERÁ AMANHÂ!!

SE A ORDEM MUDA AO SABOR DO VENTO!!

EU ENTREI PARA ARQUITECTURA EM 1997!! OS ESTATUTOS DA ORDEM SÓ SAIRAM EM 1998 EM DIÁRIO DA REPÚBLICA!!

E ENTÃO?!? EU NA ALTURA NEM SABIA QUE HAVERIA ORDEM. AS MINHAS ESPECTATIVAS ERAM ACABAR O CURSO E SER ARQUITECTO!!

ESTOU DESDE 2002 NESTE IMPASSE SEM SER NADA...JÁ TIVE OPORTUNIDADES DE TRABALHO QUE NÃO PUDE ACEITAR!!

QUEM É A ORDEM PARA ACREDITAR OU DEIXAR DE ACREDITAR ALGUÉM, ELA DEVE É PENSAR A SE ACREDITAR A ELA PROPRIA PERANTE A OPINIÃO PÚBLICA, PORQUE NESTE MONENTO VEJO QUE NINGÙEM SE REVÊ NA ORDEM, NEM OS SEUS MEMBROS EFECTIVOS, VEJA-SE AS ULTIMAS ELEIÇÕES...

EMFIM JÁ ME ESTOU A ALONGAR....

ACHO QUE NÃO DEVE HAVER EXAME NENHUM!!!

A HAVER DEVE SER PARA TODOS!! OU QUEM VEM DOS CURSOS ACREDITADOS TEM PROBLEMAS COM ISSO?!?

PORQUE NOS EXAMES DE EXPERIÊNCIAS AO CURSOS ACREDITADOS HOUVE A MESMA TAXA DE CHUMBOS (90%), FOI A PRÓPRIA HELENA ROSETA A DAR A NOVIDADE ÑO CONGRESSO EM GUIMARÃES.

PONHAM TODAS AS UNIVERSIDADES EM PÉ DE IGUALDADE E DEPOIS IREMOS VER OS RESULTADOS!!

PORQUE À BONS E MAUS PROFISSIONAIS EM TODO O LADO!!

NÃO JOGUEM COM AS PALAVRAS COM COMUNICADOS A DIZER QUE TODOS OS GRADUADOS ESTÃO SUJEITOS A EXAMES, MAS DEPOIS, SUBTILMENTE DISPENSA-SE OS GRADUADOS DOS CURSOS ACREDITADOS!!!

SE NÃO É DISCRIMINAÇÃO O QUE É?

TRABALHAR EM PROL DA QUALIDADE DA ARQUITECTURA?!? ONDE COM 9500€ SE RESOLVE OS PROBLEMAS DE QUALIDADE, ALIÁS EXCELENTE QUALIDADE!!

PARECE QUE VIVEMOS NUMA SOCIEDADE HIPÓCRITA, ONDE SOMOS ABAFADOS PELAS ÉLITES OU PSEUDO-ELITES QUE SE ESGOTAM EM GUERRAS INTERNAS PELO PODER, PELO TACHO E INFLUÊNCIAS EM PROVEITO PRÓPRIO ESQUECENDO O TODO, O BEM GERAL, E VEJA-SE PARA ONDE CAMINHA-MOS..... E NO NOSSO CASO O DIREITO À ARQUITECTURA PARA A CLASSE!!!

ENFIM, JÁ PENSARAM OS MEIOS HUMANOS QUE PODO ESTE PROCESSO INCLUI, AS DESPESAS E O DESGASTE QUE PROVOCA.

JÁ PENSARAM QUE SE DIRIGISSE AS FORÇAS PELA CAUSA COMUM, COMO 0 73/73, OS PROBLEMAS QUE OS ARQUITECTOS TEM NAS CAMARAS, OS LICENCIAMENTOS, OS CONCURSOS FICTICIOS, ETC.,E ONDE ESTÁ A ORDEM?....

ESTÁ A LUTAR CONTRA OS FUTUROS ARQUITECTOS, A CRIAR FRICÇÕES PARA O FUTURO E EMPENHADA A DESPROMOVER A CLASSE COM TODA ESTA CONFUSÃO.

ENFIM QUANDO CHEGARMOS AO FIM DESTA LUTA ESTAREMOS TODOS ESGOTADOS E A SITUAÇÃO DA ARQUITECTURA NO MESMO CAOS E DESUNIDOS!!

VEJA-SE O CASO DA VIZINHA ESPANHA, EM TODOS OS CONTEXTOS E A UNIÃO DAS VARIAS CLASSES...QUE É A ECONOMIA MAIS FLORESCENTE DA EUROPA... BASTA PASSAR A FRONTEIRA PARA VER A DIFERENÇA....AQUI NA VIZINHA ESPANHA ONDE PARA SE INSCREVER NO COLÉGIO DE ARQUITECTOS APENAS É NECESSÁRIO TER UM CERTICADO DE HABILITAÇÕES DE UMA UNIVERSIDADE HOMOLOGADO PELO ESTADO ESPANHOL....


...MAIS PALAVRAS PARA QUÊ?


SIM À IGUALDADE!!!!


NÃO À DISCRIMINAÇÃO!!!!
NÃO À DISCRIMINAÇÃO!!!!
NÃO À DISCRIMINAÇÃO!!!!

 

Anonymous Anónimo said ... (segunda-feira, 06 junho, 2005) : 

Em relação ao "EXIGENTE", gostava só de lhe dar algumas sugestões:

1º Se é assim tão exigente, porque não fazer um exame de reciclagem a TODOS os arquitectos inscritos na Ordem? Ou o Sr. Exigente é daqueles que pensam que o mal está nos recém licenciados!...Será que são estes os responsáveis pela desordem urbanistica e pelo caos arquitectónico que assolaram, salvo raras excepções, as nossas cidades no pós 25 de Abril e se prolongaram pelos anos 80? Que eu me lembre nessa altura não haviam universidades privadas...


P.S. Quando se é tão exigente com os outros devemos fazer uma introspecção sobre nós mesmos. ISTO É VERGONHOSO.

 

Anonymous Franz said ... (segunda-feira, 06 junho, 2005) : 

Quantos somos neste blog??

metam sempre um NickName nos vossos comentários para ter uma ideia de quantos somos.

eu sou o Franz

 

Anonymous Franz said ... (segunda-feira, 06 junho, 2005) : 

PROPONHO UMA REVOLUÇÃO!!

- proponho um encontro para discutir e combinar o que fazer com esta situação.

-proponho ainda a contratação de bons advogados que nos possam defender e pedir indemnizações para todos.

- Uma manifestação à porta da OA. Fechar as portas da OA e só entra quem fizer um exame, feito por nós claro!

Aguardo os vossos comentários

 

Anonymous Anónimo said ... (terça-feira, 07 junho, 2005) : 

Ó Franz

Olha já somos muitos e cada vez mais, e continuamos a angariar apoios contra esta situação.

Antes eram os arquitectos inscritos que não se importavam com a nossa situação porque acreditavam minimamente na imagem da Helena Roseta. Neste momento já viram e entenderam e começaram a pensar " O QUE SE PASSA COM TANTA MASSA? ".
Viram o que tentaram fazer com as declarações para inscrição de projectos nas Câmaras, onde entre outras coisas queriam saber quem eram os clientes e os preços praticados. Vamos pensar a intenção era só a de arrecadar receitas e elementos estatísticos. Essas informações privilegiadas poderiam vir a ser muito úteis em termos de concorrência a colegas, mas é claro que os meninos da Ordem tinham a melhor das intenções!.

Neste momento este assunto começa a ser noticia todas as semanas na comunicação social, pelo que se vão instalando as condições para que das duas uma, ou a Ordem resolve a situação e permite a entrada de todos os licenciados, ou alguém, como escreveu o Prof. Tomás Taveira, decide recolher assinaturas para em “Assembleia Geral da Ordem se pedirem contas “, podendo isso levar à queda desta direcção e consequentemente ao fim político da Helena Roseta, a qual com a sua imagem de democrata enganou-nos bem. A sua palavra muda conforme as circunstâncias. Temos provas gravadas disso. Conforme o local e a ocasião assim é o seu discurso. Neste caso a máxima “ POLITICO NÃO TEM PALAVRA “ assenta muito bem.


Como vêz Franz, não vale a pena essa preocupação em contar espingardas, pois sem qualquer sombra de dúvida as fileiras vão-se cerrando de pequena vitória em pequena vitória até à vitória final.

E se os processos contra a Ordem no tribunal Administrativo, no Tribunal Europeu, e no Provedor de Justiça decidem dar razão aos licenciados, até a própria Ordem poderá vir a estar em causa. Como pagará as indemnizações exigidas? Com o teu dinheiro? Com o meu?
E se lhe for tirado o estatuto de Ordem por ilegalidades cometidas?

 

Anonymous ARQ_05 said ... (terça-feira, 07 junho, 2005) : 

Espero que desta vez a opinião pública e quem manda neste pais, ou seja, O ESTADO PORTUGUÊS, fiquem esclarecidos sobre a vergonha que assola a nossa profissão.
A Ordem mais não faz do que interditar o acesso a quem legitimamente tirou uma licenciatura em arquitectura num estabelecimento de ensino devidamente credênciado para o efeito. Enquanto isso, continua a ver passar a "banda". Toda a gente desde ATAEs; a Engenheiros Técnicos (bacharéis), entre outros continuam a subscrever projectos de arquitectura, enquanto fecham as portas aos seus próprios licenciados!...É assim que procuram a qualidade arquitectónica e o devido respeito pela profissão de arquitecto?...

RIDICULO NÃO É?

 

Anonymous arkial said ... (terça-feira, 07 junho, 2005) : 

oK, ERRATA

Onde se lê, "defender 73/73", deve-se ler defender a revogação do 73/73.

Obrigado, já está esclarecido.

 

Anonymous castelo bubbles said ... (terça-feira, 07 junho, 2005) : 

ponto 1, a ORDEM PARA A QUAL EU PAGO COTAS, é um fracasso: Já era tempo de conseguir mover instancias e acabar com o 73/73.

ponto 2, conheço muitos colegas de muitas universidades, considero que o local onde estudaram reflecte-se na forma de trabalhar, pensar e até de produzir.

ponto 3, a Ordem não faz lei, pode sim obrigar algo ou alguem a cumprir a mesma.

ponto 4, a Ordem é um clube de amigos (de falhados ao comparar com outras), como tal têm o direito de aceitar apenas quem quiser.

ponto 5 e final, O 73/73 é bem mais imoral que o regulamento de admissão na ordem. :) OPORTUNIDADE: a Ordem que faça birra e chantagem com o governo e a Europa, enquanto o 73/73 não for para o lixo.

Desculpem lá, mas não me tivessem enviado um email... bem haja.

 

Anonymous CSI said ... (quarta-feira, 08 junho, 2005) : 

A ordem anda mias preocupada em xular e barrar a entra a novos licenciados, o resto vem se vier algum dia claro

 

Blogger Unknown said ... (quarta-feira, 14 outubro, 2015) : 

網頁設計 網路行銷 關鍵字廣告 關鍵字行銷 餐飲設備 製冰機 洗碗機 咖啡機 冷凍冷藏冰箱 蒸烤箱 關島婚禮 巴里島機票 彈簧床 床墊 獨立筒床墊 乳膠床墊 床墊工廠 情趣用品 情趣用品 腳臭 長灘島 長灘島旅遊 ssd固態硬碟 外接式硬碟 記憶體 SD記憶卡 隨身碟 SD記憶卡 婚禮顧問 婚禮顧問 水晶 花蓮民宿 血糖機 血壓計 洗鼻器 熱敷墊 體脂計 化痰機 氧氣製造機 氣墊床 電動病床 ソリッドステートドライブ USB フラッシュドライブ SD シリーズ

 

post a comment