quarta-feira, julho 13, 2005

APELA - ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE ESTUDANTES E RECÉM-LICENCIADOS EM ARQUITECTURA EMITE COMUNICADO

A Direcção Nacional da Associação Portuguesa de Estudantes e recém-Licenciados em Arquitectura (APELA) envia comunicado para os órgãos de comunicação social, e solicitou informações a diversas entidades. arqportugal

"Devido às várias notícias e artigos de opinião que têm sido publicados em diversos órgãos de comunicação social nos últimos meses
, e após a conferência de imprensa em que a Ordem dos Arquitectos se procurou defender das acusações dos estudantes e licenciados em arquitectura que se opõem ao seu Regulamento de Admissão, entendeu a Direcção Nacional da Associação Portuguesa de Estudantes e recém-Licenciados em Arquitectura emitir um comunicado, no sentido de esclarecer diversas questões que têm sido levantadas, corrigir erros que têm sido publicados e informar convenientemente os jornalistas e demais interessados.


Nesse comunicado são formuladas as seguintes questões:

a) O sistema de ingresso na OA é legal, cumprindo com a legislação em vigor e com a Constituição da República Portuguesa?

b) Os direitos dos estudantes e licenciados foram devidamente salvaguardados?

c) A Ordem dos Arquitectos pode avaliar licenciaturas e estabelecimentos de ensino superior para o reconhecimento e acreditação de cursos?

d) Quando é que o Estado vai proceder ao pedido de inscrição de todas as licenciaturas em arquitectura na Directiva Comunitária?

Na ausência de qualquer resposta ao pedido de reunião efectuado ao CDN da OA já no passado mês de Abril, a Direcção Nacional da Associação Portuguesa de Estudantes e recém-Licenciados em Arquitectura comunicou ainda que vai solicitar ao Provedor de Justiça, aos grupos parlamentares, à Comissão Parlamentar para os Direitos, Liberdades e Garantias, ao Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, ao Ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, ao Primeiro-Ministro e ao Presidente da República para que procedam a todas as diligências necessárias à verificação das questões levantadas pelos estudantes e licenciados em arquitectura.

Associação Portuguesa de Estudantes e recém-Licenciados em Arquitectura"

Comments on "APELA - ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE ESTUDANTES E RECÉM-LICENCIADOS EM ARQUITECTURA EMITE COMUNICADO"

 

Anonymous Anónimo said ... (quinta-feira, 14 julho, 2005) : 

Essa apela, quem são esses gajos?
Já fizeram alguma coisa pelos colegas?
Na conferrência de imprensa da Ordem alguém os viu ao lado dos colegas? Apareceram 2, para participar na conferência de imprensa ao lado da Ordem. Um deles nunca sequer esteve ao lado dos colegas 1 minuto que fosse.

Então só no mês passado é que se lembraram de pedir " reunião ao CDN da OA ". NÃO REPARARAM ANTES NO QUE SE ESTÁ A PASSAR? SÓ AGORA?

Então SÓ AGORA é que se lembraram de consultar os órgãos de poder político para " que procedam a todas as diligências necessárias à verificação das questões levantadas pelos estudantes e licenciados em arquitectura."

Meus senhores da APELA, tenham vergonha. Vocês não representam ninguém. têm estado todo este tempo a fazer o jogo da Ordem, certamente à espera de algumas facilidades que não vos foram facultadas, e ainda bem.Como se costuma dizer " Roma não paga a traidores "

Agora mandam este comunicado para que não se diga que não fizeram nada, pretendem " tapar o sol com uma peneira "

 

Anonymous CSI: said ... (quinta-feira, 14 julho, 2005) : 

Isto anda tudo muito estranho, já não percebo o que se anda a passar, realmente esses colegas não vestiram a camisola no dia da conferência de imprensa em frente à OA, no entanto é de salutar a sua iniciativa uma vez que vem reforçar as ilegalidades da OA.

E a união faz a força

 

Anonymous Anónimo said ... (quinta-feira, 14 julho, 2005) : 

Ao Sr. Anónimo,

Não eram 2 da APELA q estavam na conferência de imprensa da OA, era 1. E por acaso passou muito tempo com os colegas do ISMAG. E só n foi c eles ao Provedor de Justiça e ao Presidente da República pq o rapaz tinha coisas p fazer da parte da tarde q n podia adiar (e teve o cuidado d o dizer aos colegas).

A reunião c o CDN da OA n foi pedida no mês passado, foi pedida em Abril. Não leu o comunicado? E tanto repararam no q s está a passar q a APELA (antiga CNEA) trabalha nesta questão do RIA desde 2001. E foi a única a entregar à OA 1 proposta completa d novo sistema d admissão, do qual OA nem 5% aproveitou, d acordo c o q o Arq. João Afonso, do CDN da OA, afirmou no último congresso da APELA, q s realizou em Coimbra no passado mês d Outubro. Isto diz bem sobre a sua afirmação d q estão a fazer o jogo da OA.

Giro, giro era ver o pessoal todo a aparecer nas assembleias gerais da APELA e nos congressos, d forma a dar mais poder à associação. Q só ainda não partiu a sério p cima da OA pq a última alínea das Linhas Gerais d Acção da APELA aprovadas no Congresso d Outubro de 2003, e q era precisamente a q propunha q a APELA realizasse 1 exposição do problema ao Provedor de Justiça português e europeu e demais entidades q interessassem, foi a única q foi chumbada em Congresso. E desde esse congresso em 2003 q não s consegue aprovar essa proposta pq os estudantes e licenciados q concordam c ela estão sempre em inferioridade numérica em relação aos q têm medo d afirmar as verdades.

E em relação às facilidades q esperam, basta olhar p a composição dos órgãos da APELA actualmente em funções: tem estudantes e licenciados em Arquitectura da ARCA/EUAC d Coimbra (acreditados), em Arquitectura d Planeamento Urbano e Territorial da FA-UTL (reconhecidos), Arquitectura da FA-UTL (acreditados), Arquitectura da Univ. Moderna d Lisboa (reconhecidos) e Arquitectura do ISCTE (reconhecidos). TODOS s recusaram ou recusam a realizar exame e estágio da OA.

Tenha o bom senso d s informar primeiro do trabalho da APELA, das suas dificuldade e das suas intensões. E já agora pergunte aos colegas do ISMAG s é ou n é verdade que a sua associação académica foi fundadora da CNEA e q desde 2003 não aparece ninguém do ISMAG nas assembleias gerais da APELA.

É mais 1 voz q s junta à nossa. Qual é o mal? VENHAM +!!!

 

Anonymous Anónimo said ... (quinta-feira, 14 julho, 2005) : 

Que eu saiba a APELA foi convidada para a conferência de imprensa e foi ela quem avisou todos os estudantes e licenciados que conseguiu para que aparecessem também!

Como é que acham que a nota a avisar da conferência apareceu aqui no blog? Foi o moderador que a recebeu? Que eu saiba foi alguém que avisou num comentário a um post qualquer.

 

Anonymous Anónimo said ... (quinta-feira, 14 julho, 2005) : 

Os intentos da OA foram, desde a primeira hora, criar ilusão e divisão em tudo e todos. Esses intentos escudaram-se sempre na situação frágil de todos os licenciados após 5, 6 ou 7 anos de curso. Exaustos!

Escudaram-se, igualmente, na mais deplorável ineficácia do nosso sistema judicial. Por isso, não se cansava de repetir a Sra presidente Helena Roseta, "quem não concordar, siga a via judicial"; sabendo melhor do que ninguém das inconstitucionalidades e ilegalidades e dos 5 ou 10 anos que um processo poderia demorar.

Esta e muitas, muitas mais, foram as atitudes desta senhora cuja escola da vida foi a política (40 anos)e desta maneira, põe em prática o que aprendeu.

Para tão vil e acérrima defesa de um sistema injusto e ilegal gostaria eu de saber, exactamente,o que se esconde atrás...

Força APELA, força a todos os licenciados que estão impedidos de exercer vai para 4 anos e força a todos quantos preferem a democracia à ditadura, a legalidade à corrupção, o livre acesso ao trabalho ao corporativismo...

O que se passa neste momento com a OA é o espelho do nosso país, é o espelho da perversidade e corrupção que nos consome em todo o lado, por isso, é da responsabilidade e obrigação de todos nós aprendermos a lutar pela justiça, pela legalidade, pela transparência, que é a única forma de não perdermos a dignidade e assegurarmos a liberdade!

Vou mais longe: A PRÓPRIA SOBERANIA DESTE PAÍS!!

 

Anonymous Anónimo said ... (quinta-feira, 14 julho, 2005) : 

Ò PESSOAL:

Então à medida que somos cada vez mais a lutar por uma causa comum, acham que faz sentido as tricas, do diz que disse, do foi que não foi..., vamos mas é lá a ser homenzinhos e não nos desviarmos do objectivo principal!!!

 

Anonymous Anónimo said ... (sexta-feira, 15 julho, 2005) : 

"foi a única a entregar à OA 1 proposta completa d novo sistema d admissão"

Colega diz ai os pontos fortes da vossa proposta da APELA para defender os interesses dos estudantes e licenciados em arquitectura. Gostava ser informado sobre o assunto.

cumprimentos

 

Anonymous Anónimo said ... (sexta-feira, 15 julho, 2005) : 

Ó colega da APELA:

Quem esteve no congresso da Apela, em Guimarães, assistiu à conferência de um Arquitecto. Nesta conferência ele referiu-se aos licenciados dos cursos reconhecidos nos termos mais humilhantes e provocatórios que se possa imaginar. O que fez então a Apela? Deu a palavra aos licenciados para defenderem a sua honra? Não. Encerrou momentaneamente os trabalhos, não permitindo qualquer pedido de esclarecimento ao referido arquitecto. Mais tarde foram retomados os trabalhos com a continuação do Arqª. na mesa. Este continuou na mesa, não só nesse dia como no outro, intervindo e dando regularmente opiniões e indicações aos membros da mesa, é claro que estas eram de acordo com as suas idéias.
Mais, quanto à votação que acima te referes, houve da vossa parte negociações com alguém, a troco de lugares na lista, por isso antes da referida votação aqueles que estavam a liderar o processo decidiram que partíssemos de Guimarães dizendo que tinham plena confiança em vocês. Por isso não estivemos presentes e não votámos. Éramos mais de três, portanto o resultado teria sido outro. Partimos muito contrariados, com grandes divisões e acusações que se vieram a confirmar após saber-se o resultado da votação.
Para mim a Apela nunca passou de um jogo de interesses políticos, para tentar controlar a contestação à Ordem. Também foi criada para que a Ordem pudesse em qualquer momento desvalorizar as nossas tomadas de posição públicas com o argumento de que teriam o apoio ou a anuência dos representantes da totalidade dos licenciados, podendo nesse caso ser argumentados que a nossa posição fosse sem expressão e marginal aos interesses e opiniões da generalidade dos colegas. Isto certamente foi o que aconteceu na conferência de imprensa, em que qualidade é que vocês estiveram presentes? A nós ninguém deixou assistir.


JÁ AGORA, ESTIVERAM NA MESA OU NA ASSEMBLEIA?

QUAL FOI O TEOR DAS VOSSAS INTERVENÇÕES?



CAROS COLEGAS DA APELA, AINDA ESTÃO A TEMPO DE CLARIFICAR A VOSSA POSIÇÃO. MAS NÃO É COM PALAVRAS, É COM ACÇÕES.

 

Anonymous Anónimo said ... (sexta-feira, 15 julho, 2005) : 

Lindo !!!
Parabéns a todos os licenciados, fantástico, acabem de uma vez com a dicriminação da Ordem dos arquitectos.

 

Anonymous Anónimo said ... (sábado, 16 julho, 2005) : 

Colegas da Apela:

Dizem que estão contra a discriminação a que os licenciados em arquitectura estão a ser sujeitos por parte da Ordem, então promovam iniciativas que mostrem inequivocamente que asim é.

Convoquem manifestações, conferências de imprensa, protestos, etc,. No fundo tudo aquilo que possa ajudar na defesa dos interesses dos licenciados em arquitectura.

Perderam uma boa oportunidade na conferência de imprensa da Ordem, onde poderiam ter expressado aos jornalistas que estavam ao lado dos licenciados. Porque não o fizeram? Qual o jogo de interesses?

NÃO BASTA SER MULHER DE CÉSAR, É PRECISO PARECÊ-LO

 

Anonymous Anónimo said ... (domingo, 17 julho, 2005) : 

Pessoal façam cuidado, acho que o valha-nos deus faz parte da APELA, já repararam que ele não se manifestou neste post.

 

Anonymous Anónimo said ... (domingo, 17 julho, 2005) : 

Ou então a Apela e o Valha-nos Deus defendem os mesmos interesses e por isso não se atacam. Será?

 

Anonymous Anónimo said ... (segunda-feira, 18 julho, 2005) : 

BUUU!!

 

Blogger BiPri said ... (terça-feira, 19 julho, 2005) : 

Aos que falam no congresso de Guimarães. Em 1ºlugar não se deve confundir a organização do congresso com a APELA (o congresso foi organizado pelos colegas de Guimarães e a criação da APELA só foi decidida no final do congresso, com a votação da proposta de estatutos e eleição da 1ª direcção). Em 2º lugar o congresso de Guimarães foi em 2003, houve um novo congresso em Coimbra em 2004 e desde Fevereiro que há uma nova Direcção em funções. Já alguém se preocupou em saber quem são os novos membros, quais as suas ideias e quais os problemas que herdaram da anterior direcção? Pois não, nem sequer aparecem nas assembleias gerais...

Para quem não conhece a proposta completa de novo sistema de admissão que a APELA apresentou à OA em Fevereiro de 2004: basta pedir.

apela_mail@yahoo.com

Já agora, a APELA esteve presente na conferência (no meio do público) a convite da própria OA, não abriu a boca porque não era jornalista mas apontou tudo o que foi dito muito bem apontadinho. E só entrou porque foi dito que a OA tinha enviado o mail a avisar, porque senão nem sequer tinha entrado. O que leva a depreender que o convite chegou à APELA por engano. Lixaram-se, porque o convite chegou lá e portanto só tiveram de deixar entrar!

E a APELA só não falou com os jornalistas presentes porque nenhum se dirigiu à mesma para a entrevistar e esta não ia andar à caça dos mesmos. Com 30 colegas do ISMAG presentes não era a APELA que tinha de ter o destaque. Eram eles. De qualquer modo, as explicações dadas pelos colegas do ISMAG foram bastante claras e elucidativas. Já agora, em relação aos jornalistas, estes já foram contactados por diversas ocasiões, através de todos os contactos de que dispomos. E já lhes foi enviada bastante informação. A vossa estranheza em relação à ausência de determinados jornais e TVs não é superior à da APELA.

A terminar: a APELA nunca disse que representava todos os estudantes e licenciados em arquitectura. Sempre e apenas disse que representava os licenciados e os estudantes das associações e núcleos que têm comparecido com regularidade nas assembleias gerais e que nelas trabalham e votam.

Para quem quer ver as posições e intenções da APELA clarificadas, APAREÇAM NAS SUAS ASSEMBLEIAS GERAIS!!!

Tanto dizem aos senhores que defendem a OA para se calarem e para se informarem primeiro antes de atacarem os licenciados e são os primeiros a atacar a APELA sem saberem do que falam...

Há uma palavra de que gosto muito: COERÊNCIA!!!



Diogo Corredoura
Licenciado em Arquitectura de Planeamento Urbano e Territorial pela FA-UTL (2002)
Presidente da Direcção Nacional da APELA
3º nome dos 64 que pagaram o parecer que foi entregue ao Provedor de Justiça.


PS - Para quem não me conhece: recuso-me TERMINANTEMENTE a realizar qualquer estágio ou exame de admissão para obter o título de arquitecto. Apesar de o meu curso já ter sido acreditado. Gostava que todos fossem tão coerentes nas suas acções como o são nas suas palavras. Para bom entendedor...

 

Anonymous Anónimo said ... (terça-feira, 19 julho, 2005) : 

Boa Diogo! Bem haja!

A jeito de reforço, recordo a tua última declaração:

" (...)recuso-me TERMINANTEMENTE a realizar qualquer estágio ou exame de admissão para obter o título de arquitecto. Apesar de o meu curso já ter sido acreditado."

Já todos fossem assim!

 

Anonymous paulo said ... (quarta-feira, 20 julho, 2005) : 

BOA DIOGO!!
Mas já agora Diogo, para fazer planeamento ou urbanismo NÃO é preciso estar inscrito na OA.
Deixem os Licenciados em Arquitectura ser os ARQUITECTOS deste país!
Eu também quero acreditar que todos os RIA e RA e outros que tais que já estão a ser preparados são inconstitucionais e não nos defendem.

 

Anonymous Valha-nos Deus said ... (quarta-feira, 20 julho, 2005) : 

Caro BiPri

Pelo que parece somos do mesmo grupo. Que coesão que vocês licenciados mostram a atacarem-se uns aos outros...

Já agora, aos colegas do ISMAG, qual é a média de ENTRADA no ISMAG (Portimão presumo)?

Cumprimentos

 

Anonymous Anónimo said ... (quarta-feira, 20 julho, 2005) : 

Estou a ficar indignado com os comentários que têm aparecido no blog. Mas a final vamos andar aqui a discutir o que é a APELA... o que fez... o que não fez...o que um disse ou não disse... BASTA. A nossa luta não é esta e o nosso problema não é este. O que importa é o que se faz, tivesse sido ontem ou que seja hoje, o que é preciso é que se faça alguma coisa.
A nossa luta é contra a AO, contra os exames, contra os reconhecimentos / acreditações e é para ai que temos de estar virados, que temos de criticar de comentar, de FAZER ALGUMA COISA e tudo o que cada um fizer é sempre em prol de todos, não vamos começar a colher louros, o que alguém fizer é bem vindo, por muito pouco que seja e o que é importante, é que todos façamos alguma coisa.
Portanto, vamos acabar com os comentários e todos juntos e unidos, lutar pela mesma causa.

 

Anonymous Anónimo said ... (quarta-feira, 20 julho, 2005) : 

Este blog não é para nos atacarmos uns aos outros. Isso é um falso problema. Bons e maus profissionais provêm de todas as Universidades.

Sendo o Ismag uma Universidade privada certamente que a média de entrada é semelhante à das outras Universidades privadas.

Será do agrado da Ordem que em vez de se discutir neste blog a discriminação de que os licenciados dos cursos reconhecidos estão a ser alvo em relação aos acreditados entremos em confronto uns contra os outros.

Neste momento vamo-nos é preocupar em reunir forças e das mais diversas maneiras combater e desgastar a Ordem e a respectiva presidente para que esta situação seja mudada e a OA e a presidente sejam responsabilizadas por aquilo que estão a fazer.

Não se conseguem provar os interesses obscuros que estão por detrás disto, no entanto existe uma Universidade que tem prosperado com a situação, O GRUPO DA UNIVERSIDADE LUSIADA QUE NOS ÚLTIMOS TRÊS ANOS TEVE 2784 VAGAS, 5 VEZES MAIS DO QUE QUALQUER CONCORRENTE, NOMEADAMENTE A UNIVERSIDADE MODERNA COM 493 VAGAS E A LUSÓFONA COM 400 VAGAS. ( fonte: acessoensinosuperior.pt )

Colegas SOMOS TODOS IGUAIS, somos Licenciados em arquitectura, independentemente da Universidade. O nosso problema não é contra qualquer universidade, é contra a OA.

A OA é que nos quer fazer UNS MAIS IGUAIS DO QUE OUTROS, mostrando que a semelhança entre A DEMOCRACIA EXISTENTE NA ORDEM É SEMELHANTE À EXISTENTE NA QUINTA ONDE NASCEU ESTA FRASE.

 

Anonymous Anónimo said ... (quarta-feira, 20 julho, 2005) : 

Mas quem é que ainda se dá ao trabalho de responder ao Valha-nos Deus?

Ele que vá cagar postas de pescada para outra freguesia!!!

Ou ainda não percebeu que o que se discute aqui NÃO SÃOS AS MÉDIAS DE ENTRADA NEM A QUALIDADE DOS CURSOS???

O QUE SE DISCUTE AQUI É A ILEGALIDADE E INCONSTITUCIONALIDADE DO SISTEMA DE ADMISSÃO À OA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

 

Anonymous VOCÊS SÃO OS MAIOOOOOOOOOOOORES CARAGO said ... (quarta-feira, 20 julho, 2005) : 

"E a APELA só não falou com os jornalistas presentes porque nenhum se dirigiu à mesma para a entrevistar e esta não ia andar à caça dos mesmos."

e esta não ia andar à caça dos mesmos.

e esta não ia andar à caça dos mesmos.

e esta não ia andar à caça dos mesmos.

e esta não ia andar à caça dos mesmos.

VOCÊS SÃO OS MAIOOOOOOOOOOOORES CARAGO PA

 

Anonymous Anónimo said ... (quarta-feira, 20 julho, 2005) : 

Pessoal EU JÁ OS AVISEI façam cuidado, o valha-nos deus "faz" parte da APELA, EU SEI O QUE DIGO, vocês andam a ser provocados.

 

Anonymous paulo said ... (quarta-feira, 20 julho, 2005) : 

ó Valha-nos Deus:
Vai perguntar ao TADAO ANDO com que nota é que ele entrou no Curso de Arquitectura!

 

Blogger BiPri said ... (quarta-feira, 20 julho, 2005) : 

Oh anónimo,

Se sabes o que dizes, diz-me lá quem é o Valha-nos Deus que eu gostava muito de saber quem ele é e de o "apanhar aí numa esquina".

Diogo Corredoura

 

Blogger arqportugal.blogspot.com said ... (quarta-feira, 20 julho, 2005) : 

Parabéns à Direcção Nacional da Associação Portuguesa de Estudantes e recém-licenciados em Arquitectura (APELA) pelo envio do comunicado para os órgãos de comunicação social e por ter solicitado informações a diversas entidades.

Um abraço, vamos continuar a lutar pela igualdade uma vez que todos os cidadãos têm a mesma dignidade social e são iguais perante a lei.

 

Anonymous Anónimo said ... (quarta-feira, 20 julho, 2005) : 

Mas quem é que ainda se preocupa com notas de entrada na universidade, e médias e mais não sei o quê ?!?

Já não são estudantes !!!!!! Isso é o que a OA pensa!!!

SÃO LICENCIADOS e ponto final!!!!

LICENCIADOS !!!!!!!!!!!

Aliás, tão licenciados como os actuais responsáveis pela OA!!!

O vosso grau académico é o mesmo do da Arqª Helena Roseta!!!

NEM MAIS NEM MENOS!!!!

 

Anonymous Anónimo said ... (quarta-feira, 20 julho, 2005) : 

A grande diferença é que muitos de nós já participámos em diversos projectos e poderemos mostrar o nosso trabalho de projectos realizados.

Será que a arquitecta presidente da ordem tem algum trabalho de arquitectura para mostrar. ATÉ AQUI É DESCONHECIDO?

SE ALGUÉM O CONHECE QUE ENVIE FOTOS PARA O BLOG PARA PODEREM SER DIVULGADAS E FICARMOS TODOS A CONHECER A QUALIDADE DO TRABALHO DE QUEM PÕE EM CUSA O NOSSO.

 

Anonymous Anónimo said ... (quarta-feira, 20 julho, 2005) : 

Isso seria interessante mostrar o trabalho de arquitectura da senhora presidente da OA para depois podermos "Acreditar".

Alguem consegue arranjar isso?

 

Anonymous Anónimo said ... (sexta-feira, 22 julho, 2005) : 

Dá-se alvíssaras a quem encontrar um trabalho feito pela arquitecta helena roseta( não se admitem trabalhos académicos fora da validade e trabalhos políticos).

Arquitectos estagiários querem contribuir para a cultura dos portugueses, divulgando a obra de helena roseta.

Naaaaaaaaaaaa não vamos ter sorte

HHHHHHHHIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII

 

Anonymous Anónimo said ... (sábado, 23 julho, 2005) : 

Diogo tens algumas novidades sobre o comunicado?

Cumprimentos e parabens

 

Blogger BiPri said ... (segunda-feira, 25 julho, 2005) : 

Os órgãos de comunicação social ignoraram-nos olimpicamente. Mário Soares é que está a dar!!! Quê, há aí uns malucos que andam a dizer que o sistema de ingresso na OA é inconstitucional? Mas o Mário Soares é mais importante que uma ex-deputada a sustentar ilegalidades contínuas faz 3 anos!...

Em relação às entidades contactadas, esperam-se novidades a partir desta semana. Ou não!...

Mas se Maomé não vai à montanha...


Fé, rapaziada. Já esteve mais longe!


Um abraço aos amigos! Fartei-me de andar escondido em anonimatos e pseudónimos.

Diogo Corredoura

 

Anonymous Anónimo said ... (segunda-feira, 25 julho, 2005) : 

Diogo já sabes se souberes novidades diz qualquer coisa ao pessoal.

 

Anonymous CSI: said ... (segunda-feira, 25 julho, 2005) : 

Para quem não sabe houve uma reunião dos licenciados em arquitectura com o PCP, na semana passada.

Vão vir ai mais novidades, é só aguadar.

 

Anonymous Anónimo said ... (quarta-feira, 14 janeiro, 2009) : 

http://amafiaportuguesa.blogspot.com

 

Anonymous Anónimo said ... (segunda-feira, 25 junho, 2012) : 

Muito Bom post.

Realmente, este flagelo agrava em muito a situação do pessoal...

Na esperança de poder ajudar,

deixo alguma informação adicional sobre trabalho temporário... não é solução, mas pode contribuir para um começo diferente... As pessoas não podem é desanimar! Força aí!

Trabalho e Empregos Temporários para os Jovens Encontra tudo sobre o trabalho temporário para jovens. Descobre onde, como e em que contexto esta poderá ser uma solução! www.trabalhoparajovens.blogspot.com/

Força!

 

post a comment