terça-feira, novembro 15, 2005

REVISÃO DO REGULAMENTO DE ADMISSÃO | ORDEM DOS ARQUITECTOS

Enquadramento histórico do Modelo de Admissão da Ordem dos Arquitectos:

  • 12 de Fevereiro de 2000 o RIA foi aprovado pelo CDN da Ordem dos Arquitectos .
  • 18 de Julho de 2000 o RIA foi suspenso pelo CDN da Ordem dos Arquitectos, uma vez que “tanto o documento RIA, provas de admissão como o guia para a apresentação à acreditação, enfermam de grave exacerbado academismo, contrariando a vertente estatutária que obriga a priviligiar a vertente profissionalizante nas acções e objectivos da OA”.
  • 6 de Junho de 2002 o RIA entrou novamente em vigor, sem que se tenha procedido a sua a qualquer reformulação; ( COMO ISTO FOI POSSÍVEL?)
  • Novembro 2003 foi deliberado no 10º Congresso da OA, alterar o RIA , uma vez que o mesmo suscitava preocupações por parte da OA;
  • 17 de Novembro de 2004, OA aprova o Regulamento de Admissão

Considerando a tomada de posição de S. Exa. o Senhor Provedor de Justiça, Recomendação n.º 10/B/2005 de 26/10/2005 , a Ordem dos Arquitectos prepara-se para efectuar a revisão do regulamento de admissão.

2 de Novembro 2005

"Conforme deliberado pelo Conselho Directivo Nacional, teve inicio o processo de revisão do Regulamento de Admissão à OA.
No passado dia 2 de Novembro reuniu o Grupo de Trabalho para Revisão do RA, constituído por representantes do CDN, CNA, CND, CDRS, CDRN, CRAS e CRAN, cujo objectivo é proceder a uma primeira avaliação da aplicação do actual regulamento e elaborar um Documento de Princípios Gerais para Revisão do RA, que após auscultação dos diversos órgãos e aprovação pelo CDN será colocado em discussão pública.

De acordo com o calendário em anexo (a aprovar no CDN de 2.ª) pretende-se que o novo Regulamento de Admissão seja aprovado antes do final de 2006 após amplo debate entre os membros da OA e todos os interessados.


Após elaboração de todos os normativos necessários para a sua implementação a aplicação do futuro regulamento deverá ocorrer ao longo de 2007.

No final de Outubro a OA recebeu o Parecer n.º 10/ B/ 2005 do Provedor de Justiça relativo ao processo de admissão à OA e que tal como outros documentos, nomeadamente a Moção de Orientação do 10.º Congresso dos Arquitectos Portugueses, o Relatório sobre a Implementação da Declaração de Bolonha, a anterior proposta da APELA e diversos documentos elaborados pela OA, será tido em consideração na revisão do Regulamento."

fonte: http://www.ordemdosarquitectos.pt/


[DIZ O PROVEDOR]

"Em matéria tão sensível como é a da definição do ingresso numa carreira profissional,parece-me meritório um esforço suplementar na clareza e permanência de soluções normativas por prazos mínimos razoáveis, assim beneficiando a ciência que os cidadãos possuem sobre as regras que lhes limitam esse ingresso e permitem a esclarecida formação da sua vontade face às opções que se lhes oferecem." *

"
74. No seguimento do regime, bem ou mal traçado pelo EOA, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 176/98, uma outra dimensão relevante é dada pela instabilidade regulamentar que se tem verificado desde a primeira normação, em Fevereiro de 2000, contando-se cinco eventos principais, a tomar-se já como certa a anunciada reforma em 2007." *

* Provedor de Justiça

E agora?

Quem são os responsáveis que sempre tiveram a motivação de em levar a cabo um sistema que teceu tantas criticas logo desde do início, e que por incrível que pareça, após 5 anos, cinco anos! o sistema continua SUJO, injusto e ilegal.

Ninguém responde perante os licenciados que foram DISCRIMINADOS E
GRAVEMENTE PREJUDICADOS PROFISSIONALMENTE

Quem são os responsáveis?



NINGUÉM SE ACUSA?

Comments on "REVISÃO DO REGULAMENTO DE ADMISSÃO | ORDEM DOS ARQUITECTOS"

 

Anonymous Anónimo said ... (quarta-feira, 16 novembro, 2005) : 

Realmente, a falta de inteligência e honestidade é um verdadeiro infortúnio e, desgraçadamente, a OA está nas mãos de gente assim!

É que, ao fim de tanto, ainda não compreenderam!

Até onde vai a malvadez!

Sempre vamos ter de dar o golpe de misericórdia!

Não há volta a dar!

Mas quem boa cama faz, nela se deita!!

Cá estaremos todos para ver o grande final!

 

Anonymous Anónimo said ... (quarta-feira, 16 novembro, 2005) : 

se que o novo Regulamento de Admissão seja aprovado antes do final de 2006 após amplo debate entre os membros da OA e todos os interessados.
...

vá lá que seja aprovado antes de 2006.. eles trabalham tanto que até tenho pena...

mais vale fazer festinhas de comemoração do Dia Mundial da ARq., ou do novo site...
miséria de Ordem!
não vale a pena mesmo!
em vez de discutirem temas que realmente interessam para o futuro de todos nós preferem fazer festinhas!
eu gostava de saber se todos os arquitectos não pagassem a "mensalidade" à OA o que acontecia...
era de rir!

mas pronto...pensamentos utópicos não valem nada

 

Anonymous csi: said ... (quarta-feira, 16 novembro, 2005) : 

Suspenda-se a m*rda do RA, e discuta-se o problema seriamente mas não da mesma forma como foi aquando da aprovação da m*erda do RIA.

Como justifica a ordem o desperdício de recursos utilizados em função de um sistema que só tem causado prejuízos incalculáveis, quando ataca directamente licenciados.

Para mim esta ordem é cobarde e infantil, em vez de cumprir o seu papel, intervindo directamente com as entidades do mesmo nível não! Está mais preocupada em vedar o acesso a licenciados, UMA VERGONHA, QUEM TIPO DE PESSOAS EXISTEM NA OA?

O mais engraçado é que resolve os problemas todos com a mesma filosofia

 

Anonymous Anónimo said ... (quarta-feira, 16 novembro, 2005) : 

Só a incompetência, a má fé e a prepotência justificam as posições assumidas pela OA!

Agora, também a burrice!

Lá os "Chefes" ainda não se aperceberam em que águas navegam!

Afundam-se a cada dia!

Hoje em dia, já afirmo:

Bem feita!

O pior ainda está para vir!

Mas o seu destino é certo!!

 

Anonymous Anónimo said ... (quarta-feira, 16 novembro, 2005) : 

Há novidades a nível de acções já intentadas em Tribunal!

Todas a nosso favor, como é evidente!

Estejam atentos às novidades dos próximos dias, Colegas!

Recordo que cada um de vós deve tratar de fazer as suas exigências à OA e recorrer a Tribunal para se verem indemnizados!

 

Anonymous Anónimo said ... (quinta-feira, 17 novembro, 2005) : 

Que pena ver uma instituição como a OA, entregue a criançolas que, além de cobardes, são mesmo BURROS!
Ou então estão apostados a destruir a própria OA...
Só conhecem os meios laterais, só resolvem assuntos laterais, só aparecem na lateral!
O principal, esse que eles MUITO BEM SABEM E QUE SEMPRE LHES TEM SIDO DITO...E REPIZADO, é simplesmente abafado! Fuga para a frente...
Os locais próprios para onde sempre nos mandaram serão os mesmos que os irão receber...mas em circunstâncias muito diferentes!

 

Anonymous Xelb said ... (quinta-feira, 17 novembro, 2005) : 

Como já aqui foi dito, todos os licenciados que terminaram o estágio ou que estão prestes a terminá-lo, irão receber uma carta da OA a convidá-los a se inscreverem no exame que em princípio estará marcado para a 1.ª quinzena de Janeiro.
Essa carta chegará primeiro que a resposta ao requerimento feito por alguns (infelizmente não por todos, será que têm medo de alguma coisa?).
Tenho a sensação que existem alguns licenciados, principalmente os que nunca fizeram nenhum exame, que estarão na disposição de se inscrever para fazerem esse exame.
Será que ainda não perceberam?
Ou será que estão numa de pensar "até pode ser que passe e entro directo"?
É precisamente com esta maneira de pensar da parte de alguns de nós que os senhores da OA contam para poderem ir adiando o problema até 2007, ano em que dizem que tudo estará bem.
Para esses licenciados que estão a pensar inscrever-se para exame, pensem bem, façam uma retrospectiva histórica do que tem sido esta luta, vejam que a conclusão a que se pode chegar é sempre a mesma:
Mais uma vez a estratégia é a de dividir para reinar, é a de ganhar tempo, adiar indefinidamente a situação, fazer com que a malta desista.
Esta é uma luta de TODOS e só unidos poderemos atingir os nossos objectivos.
Não se inscrevam para exame, não vá lá ninguém, metam os processos em Tribunal e deixaremos a OA sem armas e sem outro remédio que não o acatar as recomendações do Provedor.

 

Anonymous FBR said ... (quinta-feira, 17 novembro, 2005) : 

Há que pensar no que se pretende. O fazer o que a ordem quer, para muitos que têm processos a decorrer, é contraproducente. É alimentar, por mais algum tempo, o fogo que nos tem vindo a queimar.
Os que já passaram por estes "testes" sabem do que a ordem é capaz.
Neste momento temos quase tudo a nosso favor. É a altura de se agir com coerência. Assim, conseguimos os nossos intentos mais cedo.
Senão, estarão a dar mais algum fôlego à ordem, de certo enganador, mas que poderá prejudicar um processo desigual, mas que apesar de tudo, totalmente a nosso favor. E toda a gente sabe disso.
Quanto às desistências, meus caros, da minha parte, nunca haverão e nem noutros casos.
Eu posso ser o "David", mas a ordem não é nenhum "Golias".
...e até esse caiu.
Havemos de chegar lá. E quanto mais tempo a ordem protelar e adiar o inevitável, pior será para eles.
EU NÃO DESISTO ATÉ VER A LEGALIDADE CUMPRIDA E OS MEUS DIREITOS RECONHECIDOS.

 

Anonymous arq!estagiário said ... (quinta-feira, 17 novembro, 2005) : 

Parece que as acções intentadas em Tribunal contra o istema de admissão da OA, já estão a produzir efeitos favoráveis.

Porque será que continuam a insistir num sistema ilegal?

Quem são as pessoas que ganham (ou perdem) com isso ?

Começo a achar, que a OA ou um dos seus representantes tem acordos irrevogáveis com algumas faculdades, e agora a coisa não tá fácil.

Meus amigos a lei é para cumprir, se não é cumprida, terá de ser nem que seja á bastonada!

 

Blogger BiPri said ... (quinta-feira, 17 novembro, 2005) : 

Rapaziada,

Quem é que me pode arranjar as leis de autorização legislativa das outras ordens profissionais (ou pelo menos indicar o seu nome)?

Sei que já aqui se falou delas mas a informação e os comentários já são tantos (felizmente) que não consegui encontrar as refeências pretendidas.

Se, para além de as indicarem, também puderem enviar por mail, tanto melhor!

apela_mail@yahoo.com

Há novidades do lado da APELA mas ainda não as posso passar. Espero que até 2ª feira tal já seja possível.

Um abraço a todos,

Diogo Corredoura.

 

Anonymous Xelb said ... (sexta-feira, 18 novembro, 2005) : 

Meu caro Diogo:
Enviei-te as Leis de Autorização Legislativa da Ordem dos Arquitectos, da Ordem dos Engenheiros e da Ordem dos Biólogos para o mail que indicaste. Confirma por favor se recebeste ou não.
Um abraço

 

Anonymous Maggie said ... (sexta-feira, 18 novembro, 2005) : 

o QUE É QUE EU FIZ???


Licenciei-me em Junho de 2004 pela Lusofona e sabem o que fiz?? NADA.

Nem fui á OA, nem me propus a estágio ( apesar de ter sitio onde o fazer), nem vou admitir que qualquer coisa me seja imposta que faça de mim uma " apoiante" de uma ilegalidade e de uma injustiça.
quando o sistema dos ditos cujos OA for justo, funcional e igual para todos, seja preto ou branco, aí sim farei o que tiver de fazer, nem q implique estágio e exame, mas se é para MIM é para TODOS.
Não vou dobrar o cu e baixar as calças por uma assinatura. Não vou compactuar com um roubo de nao sei qtos €, nem que fosse 1€.

Fico triste quando vejo as pessoas a dobrarem-se perante a Ordem, como fizeram os Alemaes na II Guerra Mundial.( e nao me venham dizer que é por uma necessidade, que 90% de nós não assina quase nada durante os 1ºs 5 anos e arranja alguém que assine por nós. )

Chego á conclusão que é a "tesão do mijo" por por o nosso nome, de Arqª nao sei das quantas na rua á vista de todos, quando devia ser mais " a paciencia é uma virtude, vamos actuar contra esta injustiça"

Incrivel como o povo portugues é!!! e depois, falam falam falam.. mas.. nao fazem nada!!!

Haja boa saude a todos, q eu cá, continuarei a trabalhar como desenhadora topo-de-gama, mas de consciencia limpa e com firmeza do meu valor, como Srª Arqª.

Porque eu sei que sou ARQUITECTA

Margarida

 

Anonymous fFBR said ... (sexta-feira, 18 novembro, 2005) : 

É assim mesmo, mulher valente!!

 

Anonymous Anónimo said ... (sexta-feira, 18 novembro, 2005) : 

Aqueles que, agindo à margem da lei, atiraram a OA para este estado calamitoso têm nomes e funções. São eles que violam as regras e leis do Estado democrático, são eles que nos discriminam e são eles que agem em nome de todos os arquitectos deste país.
Para que não nos esqueçamos dos principais responsáveis, aqui vai a lista mais uma vez:

Os eleitos dos órgãos nacionais

Mesa da Assembleia Geral

Presidente: Carlos Alberto Esteves Guimarães
Secretários: Sara Maria Nunes Godinho, Mário José L. Do Nascimento Gonçalves Trindade
Suplente: Carlos Manuel da Silva Pinto

CONSELHO NACIONAL DE DELEGADOS

Presidente: João Manuel Ribeiro Belo Rodeia
Rogério Nunes Mota Gonçalves
Manuel Nicolau Costa Brandão
Maria Celina Silva Adriano
Nuno Alberto Leite Rodrigues Grade
Marco Ramos de Azevedo Buínhas Marques
Luís Vilhena
Miguel Luís Gonçalves Dias
Maximina Maria Vieira dos Santos Almeida
Alexandre Alves Costa
Filipe Blanch Diniz
Flávio Barbini
Jorge Mangorrinha
Jorge Manuel Fernandes Figueira Ferreira
Patrícia Miguel Dias Carvalho
António Manuel Mira Alfaro Martins
Suplentes: Jorge de Morais Kol de Carvalho, Nuno Miguel Cabral Almeida Sampaio, Rui Filipe Arango Florentino

CONSELHO DIRECTIVO NACIONAL

Presidente: Maria Helena Salema Roseta
Vice-presidentes: Manuel Machado Vicente
Ana Cristina Pinto Pereira Almeida Machado
Fernando Luís Roxo Carqueija Gonçalves
João Carlos da Silva Afonso
Maria Cristina Salvador Bagulho
Pedro Miguel Hernandez Salvador Guilherme
Pedro Miguel Patrício Antunes Milharadas
Tiago Mota Saraiva
Suplentes: Ana Cristina Fernanda Vaz Milheiro, Carla Patrícia de Almeida Correia, Paulo Jorge Filipe da Fonseca

CONSELHO FISCAL NACIONAL

Presidente: Luísa Augusta Moura Bordado
Maria Paula Guinote Garcia
Paulo Manuel Eloy Sena Rego
Suplente: Maria Teresa de Melo Ribeiro

CONSELHO NACIONAL DE DISCIPLINA

Presidente: Maria Fernanda Vara C. Teixeira
Maria Rosa Nunes Leitão
Pedro Conceição Luz de Almeida Partidário
Leonel Madeira Nunes da Cunha Ferreira
Pedro Jorge Nerra Leça Barradas
Suplentes: Maria Cristina Sousa Fadigas, António Manuel Nunes Pereira

CONSELHO NACIONAL DE ADMISSÃO

Presidente: Nuno da Silva Araújo Simões
Maria Dulce Costa de Campos Loução
Rui Leonel Gomes Alexandre
Suplente: João Manuel Barros de Matos


PELOUROS E FUNÇÕES DOS ELEITOS DO CONSELHO DIRECTIVO NACIONAL

PELOURO: Promoção da Arquitectura – Áreas: exposições, prémios, conferências, encontros, visitas e edições, provedor da arquitectura

João Afonso, Tiago Mota Saraiva, Paulo Fonseca, Ana Vaz Milheiro, Carla Correia

PELOURO: Prática profissional, formação, concursos e deontologia – Áreas: honorários, contratação, formação profissional, encomenda pública

Cristina Salvador, Ana Cristina Machado, Manuel Vicente

PELOURO: Admissão – Áreas: admissão e provedor do estágio

João Afonso

PELOURO: Território, urbanismo e serviço público – Áreas: colégio de especialidade de urbanismo, acompanhamento da legislação

Helena Roseta, Fernando Gonçalves, Ana Cristina Machado

PELOURO: Organização, portal, modernização, comunicação e estatutos – Áreas: jornal arquitectos, boletim, “arquitectos informação”, site, newsletter e publicidade institucional

Pedro Milharadas, João Afonso, Tiago Mota Saraiva

PELOURO: Relações institucionais, relações internacionais e representação

Helena Roseta, Pedro Guilherme, Manuel Vicente

PELOURO: Presidência, coordenação e informação

Helena Roseta


Temos a justiça do nosso lado! Sabemos que temos total razão! Há grandes novidades (boas) a anunciar brevemente. Mais do que nunca, temos motivos para apertar a luta!

Um abraço a todos

 

Anonymous Xelb said ... (sexta-feira, 18 novembro, 2005) : 

Então, mas o Provedor de estágio não tem que ser, como está escrito no manual de estágio, uma "FIGURA COM ESTATUTO INDEPENDENTE DOS ORGÃOS SOCIAIS DA OA, dotado de poderes que lhe permitam zelar pelo cumprimento das obrigações e garantir a eficácia dos direitos de Patronos e Estagiários"?

Então como é que o Provedor de Estágio é o Sr. João Afonso que também pertence:

Ao CONSELHO DIRECTIVO NACIONAL,
ao PELOURO da Organização, portal, modernização, comunicação e estatutos – Áreas: jornal arquitectos,boletim, “arquitectos informação”, site, newsletter e publicidade institucional e ao

PELOURO: Admissão – Áreas: admissão e provedor do estágio?

E porque é que quando se perguntava para a OA pelo Provedor de Estágio, nos era respondido que ainda não existia?

Então, mas nem aos seus próprios manuais e regulamentos eles obedecem?

E quanto é que ganha esse tal João Afonso pelo seu tacho?

Quantos dos nossos trezentos euros é que foram para esse senhor?

Isto começa a cheirar muito a um "fartar vilanagem" e a um encher de bolsos de uma maneira muito pouco discreta. Parece-me que isto já começa a passar a simples ilegalidade da nossa situação para se tornar um possível caso de polícia.

Como é que se pode saber quanto ganha esta gente todo da OA?

Será que existe um meio de se saber as contabilidades da OA?

 

Anonymous Anónimo said ... (sexta-feira, 18 novembro, 2005) : 

E por falar em valores, pergunto:

São mesmo os 25.000 Euros mensais que a Ordem paga pelo apoio jurídico?

E se são, que raio de apoio é dado que só conduz ao afundamento da instituição?
Como se defende o indefensável?
É sobejamente público que há inconstitucionalidades e ilegalidades; porquê, então, apoiar tão viementemente uma situação ilegal?

O preço a pagar por esta "guerra" é demasiado elevado enquanto que para tráz ficam por tratar as verdadeiras questões da arquitectura. Aquelas com que os responsáveis se comprometeram perante toda a classe.

Se isto não cheira a interesse, cheira a loucura...ou vice-versa!

 

Anonymous cSI: said ... (sexta-feira, 18 novembro, 2005) : 

Pah, acho generalizar a ordem na questão da admissão, será injusto para com algumas pessoas que até fazem bem o seu papel.

Para mim o problema está aqui :

CONSELHO NACIONAL DE ADMISSÃO

Presidente: Nuno da Silva Araújo Simões
Maria Dulce Costa de Campos Loução
Rui Leonel Gomes Alexandre
Suplente: João Manuel Barros de Matos

Este:

PELOURO: Admissão – Áreas: admissão e provedor do estágio

João Afonso

JÁ TEMOS UM PROVEDOR DO ESTÁGIO ISENTO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! ISTO É UMA PALHAÇADA, ESTA ORDEM É UMA ANEDOTA!!!!!!!!!!!!!!!!

JOÃO AFONSO?????????????????? NÃO DISSE NADA AOS LICENCIADOS ????????????? MANIFFFFFFFFFFFFFFFFFFF

"FIGURA COM ESTATUTO INDEPENDENTE DOS ORGÃOS SOCIAIS DA OA, dotado de poderes que lhe permitam zelar pelo cumprimento das obrigações e garantir a eficácia dos direitos de Patronos e Estagiários"?


ESTATUTO INDEPENDENTE, CAMBADA DE ALDRABÕES E VIGARISTAS.

A ORDEM NÃO É TRANSPARENTE, E ISSO JÁ TODOS SABEMOS, MAS ACABOU-SE A FESTA.

PESSOAL, HÁ ÓPTIMAS NOVIDADES SOBRE O MINISTÉRIO PÚBLICO, COMO NÃO PODERIA DEIXAR DE SER

 

Anonymous Xelb said ... (sexta-feira, 18 novembro, 2005) : 

Já viram a notícia do Independente?
Já está nas notícias do dia do site da Ordem Sul.

 

Blogger BiPri said ... (domingo, 20 novembro, 2005) : 

Xelb,

Recebi a informação por mail.

Obrigadão!!!

Um abraço,

Diogo Corredoura.

 

Anonymous Anónimo said ... (segunda-feira, 21 novembro, 2005) : 

em jeito de provocação posso acrescentar que na oasrs, os membros do cra recebem 50€ à hora para ver planos e relatórios de estágio. na oasrn, o trabalho é voluntário. resultado: o chumbo de planos e relatórios de estágio na oasrs é superior que na oasrs. tirem as conclusões...

 

Anonymous Anónimo said ... (sábado, 26 novembro, 2005) : 

ao ultimo comentário... só um pequeno reparo - 'tá aí qualquer coisa trocada na última frase.. :\

 

Anonymous Anónimo said ... (quinta-feira, 16 fevereiro, 2006) : 

ele quis dizer que na Sul há mais chumbos que na Norte.
É natural: assim sempre voltam lá para poderem agraciar os revisores com 50€ horários...

 

Blogger Unknown said ... (quarta-feira, 14 outubro, 2015) : 

網頁設計 網路行銷 關鍵字廣告 關鍵字行銷 餐飲設備 製冰機 洗碗機 咖啡機 冷凍冷藏冰箱 蒸烤箱 關島婚禮 巴里島機票 彈簧床 床墊 獨立筒床墊 乳膠床墊 床墊工廠 情趣用品 情趣用品 腳臭 長灘島 長灘島旅遊 ssd固態硬碟 外接式硬碟 記憶體 SD記憶卡 隨身碟 SD記憶卡 婚禮顧問 婚禮顧問 水晶 花蓮民宿 血糖機 血壓計 洗鼻器 熱敷墊 體脂計 化痰機 氧氣製造機 氣墊床 電動病床 ソリッドステートドライブ USB フラッシュドライブ SD シリーズ

 

post a comment