sexta-feira, março 31, 2006

MINISTRO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR MARIANO GAGO INFORMADO

No âmbito da reunião prevista para hoje dia 31 de Março de 2006, entre o Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior Mariano Gago e a Presidente da Ordem dos Arquitectos Helena Roseta, a propósito do sistema de admissão, foi enviado no passado dia 29 de Março de 2006 um "pequeno resumo" com o enquadramento da situação da admissão dos licenciados em arquitectura.


Documento enviado ao MCTES 29.03.2006

Resposta MCTES 30.03.2006



Mariano Gago já tinha manifestado a sua posição relativamente a este assunto, segue-se o post publicado aqui no blog do passado dia 5 de Maio de 2005:


"No Âmbito do processo de bolonha, o PCP e o CDS-PP, questionaram o Exmo. Sr. Ministro dada Ciência, Tecnologia e Ensino Superior [MCTES] , Prof. Doutor José Mariano Gago, sobre o papel das Ordens Profissionais no acesso à profissão.


O Ministro garantiu não vai ceder a INTERESSES CORPORATIVISTAS.

Extracto da Reportagem do Canal 2 :

(salvar destino como ... )



Comments on "MINISTRO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR MARIANO GAGO INFORMADO"

 

Anonymous Anónimo said ... (sexta-feira, 31 março, 2006) : 

Se o Sr. Ministro garantiu, tá garantido!

 

Blogger BiPri said ... (sexta-feira, 31 março, 2006) : 

Muito bem!!!

Rapaziada, os meus parabéns pela antecipação!

O vosso papel tem sido importantíssimo enquanto complemento do trabalho da APELA. Ora fazemos nós, ora fazem vocês e nada fica por fazer! ;)

Já agora, parece que já teremos 2.000 assinaturas. Para a semana iremos solicitar que as pessoas que estão a recolher assinaturas comecem a enviar-nos as folhas que já estiverem preenchidas, de modo a começar a contabilizá-las.

Parece-nos possível ter as 4.000 até ao final de Abril. Contudo, se esta contagem preliminar indicar que a velocidade de recolha é boa e confirmar as expectativas, tentaremos chegar às 6.000, 8.000 ou 10.000!

Um colega enviou-nos ontem 250 assinaturas e diz que continua a recolhê-las!!! Como já vi aqui comentários a dizer que algumas pessoas já passaram as 100, 150 e 200, parece que a coisa vai!

Para a semana colocarei aqui mais uma novidade/informação. Só espero a confirmação da informação para o fazer.

Um abraço a todos os resilientes,

Diogo Corredoura.

 

Anonymous Anónimo said ... (sexta-feira, 31 março, 2006) : 

Li que existia uma petição online.
é verdade? qual o endereço?

 

Blogger plx said ... (sexta-feira, 31 março, 2006) : 

Apenas para dizer que não conhecia este Blog e parece-me bem, a continuar.
Já agora visitem o meu e façam um donativo, eh.eh:

Obrigado.

http://plxbox.blogspot.com

 

Anonymous um dos que tem estado a ser intencionalmente prejudicado said ... (sexta-feira, 31 março, 2006) : 

Sabiam??????????? que a “ INICIATIVA LEGISLATIVA DE REVISÃO PARCIAL DO 73/73 “ foi chumbada?????????

No site da Ordem não diz nada? Pois não?????????Porque será????????????


Mais uma derrota para a Salema. A dita cuja foi hoje ao Ministro da Ciência???????? Está agora na mó de baixo.

Só soma derrotas, em todo o lado.

É no Manel Alegre, onde diz que aquilo que sabe é pelos jornais.

É no PS, onde já ninguém pode com ela.

É na Ordem, onde as coisas estão como se sabe. Ele é a comunicação social, é o provedor, são os ministérios, são os partidos, são as comissões, é o 73, são os tribunais, é a Procuradoria Geral da Republica, são os ordenados ilegais que estão a receber da ordem, enfim, não se sabe o que não seja.

O artº 10º dos estatutos da O.A. é claro: “Excepto nos cargos previstos no número anterior( CDN e CDRS ), quando exercidos com carácter de regularidade e permanência, desde que remuneração seja inscrita no orçamento em verba própria, a actividade exercida em qualquer órgão da Ordem é gratuita.”

OS “MENINOS” DA ORDEM ( CNA; CRAS; e outros eleitos com acumulações de tachos) AINDA NÃO SE DERAM CONTA DE QUE VÃO TER DE REPOR O QUE TÊM ESTADO A GANHAR. É contra os estatutos, logo ilegal. Não será inédito na sociedade portuguesa haver uma restituição daquilo que ganharam ilegalmente. Não se preocupem que não faltará quem proponha as respectivas acções.

A ORDEM VAI ESTOIRAR, OU DE FORA PARA DENTRO, Á FORÇA. Ou de DENTRO PARA FORA COM DEMISSÕES.

 

Anonymous JÁ TE PUNHAS A ANDAR said ... (sexta-feira, 31 março, 2006) : 

A proposta foi chumbada? já em 2002 a senhora dizia que em 3 meses tinha a coisa resolvida! TUDO MENTIRA ELA QUER É TACHO.

QUAL SERÁ O PRÓXIMO TACHO DA SALEMA? A OA JÁ ERA ...

 

Blogger BiPri said ... (sábado, 01 abril, 2006) : 

"Li que existia uma petição online.
é verdade? qual o endereço?"

Não existe nenhuma petição on-line. Há, isso sim, uma petição a circular em mãos para a recolha de 4.000 assinaturas (pelo menos) para que o assunto do sistema de admissão da OA seja discutido no plenário da Assembleia da República.

Essa petição está disponível para download e impressão aqui na barra do lado direito, na secção "Documentos". Quem quiser ajudar, faça o favor de imprimir, pôr todos os familiares, amigos e conhecidos (e, porque não, desconhecidos) a assinar e depois é só enviar as folhas para a seguinte morada:

Associação Portuguesa de Estudantes e Licenciados em Arquitectura
Ninho de Empresas da ARQCOOP
Rua João Nascimento Costa, Lote 7
1900-269 Lisboa

Toda a ajuda é preciosa!

Cumprimentos,

Diogo Corredoura.

 

Blogger BiPri said ... (sábado, 01 abril, 2006) : 

um dos que tem estado a ser intencionalmente prejudicado said...

"Sabiam??????????? que a “ INICIATIVA LEGISLATIVA DE REVISÃO PARCIAL DO 73/73 “ foi chumbada?????????"

Onde obteve essa informação? Gostaríamos de confirmar o facto, uma vez que não temos informação oficial sobre o facto nem encontrámos nada no site da Assembleia da República.

Aliás, nem sequer se sabe qual a data para a votação no plenário do Parlamento.

Se pudesse nconfirmar as fontes, agradecíamos!

Um abraço,

Diogo Corredoura.

 

Anonymous Anónimo said ... (sábado, 01 abril, 2006) : 

Notícia do JN, Sábado, 01 de Abril

"Ordem muda regras


A Ordem dos Arquitectos (OA) vai mudar o sistema de admissão e deixar de avaliar cursos de arquitectura, competência que será assumida pelo Governo, e dedicar-se a verificar a aptidão dos licenciados, com estágio e prova.

A presidente da Ordem, Helena Roseta, citada pela Agência Lusa, afirmou que o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior "vai assumir a responsabilidade de acreditar os cursos" de arquitectura que estejam de acordo com a Directiva Arquitectos, da União Europeia. "Uma separação das águas no que é competência do Ministério e no que é competência da Ordem" que foi aplaudida por Helena Roseta.

Para a admissão à Ordem, passará a ser exigido o grau de mestre, de acordo com o processo de Bolonha, e um estágio e prova de admissão.

As alterações ao Regulamento de Admissão vão ser discutidas internamente e com as associações de estudantes e licenciados em arquitectura."

Mas afinal o que acontece aos que desde 2000 têm sido prejudicados pelo actual sistema de admissão ILEGAL????????

Afinal agora é preciso ser MESTRE para exercer arquitectura?????

O que vai acontecer áqueles que já estão inscritos????

 

Anonymous Anónimo said ... (sábado, 01 abril, 2006) : 

Alguém sabe qual foi o resultado da reunião da Roseta com o ministro da ciência?

 

Anonymous Anónimo said ... (sábado, 01 abril, 2006) : 

Diz no site da ORDEM
"SISTEMA DE ADMISSÃO À OA
VAI SER ALTERADOTeve hoje lugar no Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES), uma audiência entre o ministro Mariano Gago e a presidente da Ordem dos Arquitectos (OA), arq. Helena Roseta, o presidente do Conselho Nacional de Admissão, arq. Nuno Simões e o secretário-geral da OA, arq. João Afonso.
O encontro solicitado pela Ordem dos Arquitectos, permitiu chegar às seguintes conclusões:

• O MCTES assumiu o incumprimento da Directiva Arquitectos no que respeita à notificação a Bruxelas dos cursos de arquitectura homologados em Portugal cujo plano de estudos esteja em conformidade com a Directiva. A Direcção Geral do Ensino Superior já tem instruções do Ministro para desencadear esses processos. A Ordem já deu parecer favorável a 22 cursos.
• Todos os cursos vão passar a ser sujeitos a uma acreditação nacional de acordo com o DL 74/2006, de 24 de Março, na qual participarão as Ordens profissionais;
• Só os cursos acreditados por esse novo sistema concederão o grau necessário para a inscrição na Ordem dos Arquitectos;
• Quanto ao Processo de Bolonha, nos termos do DL 74/2006 e da Lei de Bases do Ensino Superior, para a inscrição na Ordem dos Arquitectos passará a ser exigido o grau de mestre, após um ciclo de estudos integrados de 10 ou 12 semestres.
• O futuro diploma do primeiro ciclo (180 créditos) nunca poderá intitular-se “licenciatura em Arquitectura”.
• É da competência da Ordem verificar a aptidão profissional, nomeadamente através de estágio e prova de aptidão (ver definições na Directiva 2005/36/CE de 7 de Setembro).

A Ordem dos Arquitectos vai desenvolver seguidamente um conjunto de reuniões internas e externas, com todos os directores dos cursos de arquitectura, com as respectivas associações de estudantes e com a APELA, para proceder à revisão do Regulamento de Admissão, tendo em conta a nova legislação, o Processo de Bolonha e as posições do MCTES."

Do que se lê, a APELA e os licenciados vão ser ouvidos. Não podemos ceder! Temos de ser admitidos imediatamente, o que não resolve em tudo os danos morais e sofridos...

 

Blogger arqportugal.blogspot.com said ... (sábado, 01 abril, 2006) : 

Estas são as declarações da OA, vamos aguardar também esclarecimentos por parte do Ministro dada Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

 

Anonymous Anónimo said ... (sábado, 01 abril, 2006) : 

Mas a verificar-se essa situação, os licenciados à data, devem ser admitidos sem mais... DIREITOS ADQUIRIDOS

 

Anonymous Anónimo said ... (sábado, 01 abril, 2006) : 

O arq. Nuno Simões não quer perder o poleiro da admissão.

 

Anonymous Anónimo said ... (sábado, 01 abril, 2006) : 

O que quer que seja que venha a ser implementado, aplica-se para o futuro!!!

As regras (ilegais) que OA, tem criado, têm sido aplicadas para o futuro e para o passado,indiscriminadamente ou consoante os interesses.

Em momento algum, deveremos esquecer que estamos a ser vítimas desde 2000!

A nossa luta tem feito a Ordem recuar e ceder! Tem obrigado a Ordem e o Estado a mexerem-se com vista à reposição da legalidade e clarificação das regras e das competências.

Jamais poderemos abdicar da razão e do direito que nos assiste!

 

Anonymous Anónimo said ... (sábado, 01 abril, 2006) : 

Ainda que o governo imponha novas regras, ainda temos o Presidente da República para VETAR. É que os licenciados que desde 2000 têm sido prejudicados têm que ser REÇARSIDOS dos danos que a Ordem nos causou e não é apenas a ADMISSÃO, importa também reparar as INJUSTIÇAS.

 

Anonymous Anónimo said ... (sábado, 01 abril, 2006) : 

A ordem dos arquitectos está a exercer as suas influências de modo a prejudicar-nos. É preciso fazer uma MEGA MANIFESTAÇÃO. Somos muitos... Contra a força não há resistência. Tal como se diz na gíria, O povo unido nunca mais será vencido!

 

Anonymous Anónimo said ... (sábado, 01 abril, 2006) : 

Fazer uma MEGAMANIFESTAÇÃO mas é dentro da própria Ordem; entrar lá e não sair...aí sim, iam todas as televisões, todos os jornais...

Era o que já se deveria ter feito há muito tempo!

 

Anonymous Anónimo said ... (sábado, 01 abril, 2006) : 

"A Ordem dos Arquitectos (OA) vai mudar o sistema de admissão e deixar de avaliar cursos de arquitectura, competência que será assumida pelo Governo, e dedicar-se a verificar a aptidão dos licenciados, com estágio e prova."

( 22:35 / 31 de Março 06 )
fonte: http://tsf.sapo.pt

Vocês estão desactualizados!

 

Anonymous Anónimo said ... (sábado, 01 abril, 2006) : 

"A Ordem dos Arquitectos (OA) vai mudar o sistema de admissão e deixar de avaliar cursos de arquitectura, competência que será assumida pelo Governo, e dedicar-se a verificar a aptidão dos licenciados, com estágio e prova."

( 22:35 / 31 de Março 06 )
fonte: http://tsf.sapo.pt

Vocês estão desactualizados!

Ao que parece, a ordem vai continuar a exercer o direito de exigir aos candidatos estágio e prova, continuando a exercer a discriminação, pois aqueles que agitaram o sistema serão sempre perseguidos.

 

Anonymous Anónimo said ... (sábado, 01 abril, 2006) : 

Bem!!! Excelentes noticias a OA deixa de fazer acreditações, agora vamos ver se o estado tem a mesma opinião da OA e perceber os actos praticados ilegalmente pela OA e as ligações e dinheiros das universidades.

 

Anonymous Anónimo said ... (sábado, 01 abril, 2006) : 

"Bem!!! Excelentes noticias a OA deixa de fazer acreditações, agora vamos ver se o estado tem a mesma opinião da OA e perceber os actos praticados ilegalmente pela OA e as ligações e dinheiros das universidades."

A Ordem deixa de fazer acreditações, mas continua a fazer PROVAS DE ADMISSÃO! Pode portanto fechar a "torneira" para quem quizer!

 

Anonymous Anónimo said ... (sábado, 01 abril, 2006) : 

Diogo:

Após ouvidos os interessados, o relatório da proposta da Ordem foi chumbado na comissão do Trabalho, no dia 29 de Março. É a mesma coisa que tivesse chumbado.

Agora, será o governo que fará uma proposta de Lei sobre a revisão do 73.

A proposta de Lei da Ordem como estava, carecia de seriedade. por isso foi chumbada. Não existem revisões parciais, ou são revisões da Lei ou não são.

É claro que a OA não fornece informações sobre isso no seu site. Nem os outros, ordem Engenheiros, Associação dos Engenheiros Técnicos ou tão pouco o sindicato e a associação dos agentes técnicos.

 

Anonymous Anónimo said ... (sábado, 01 abril, 2006) : 

Esperemos que a PETIÇÃO resolva o problema do acesso dos licenciados até à data, senão vamos TODOS para tribunal.

 

Anonymous Xelb said ... (domingo, 02 abril, 2006) : 

Para Tribunal o caraças!!!
Vamos mas é convocar e já uma manifestação para a Ordem! Entramos lá dentro e de lá não saímos sem o caso resolvido. Quem está disposto a ir dormir uma noite lá dentro (ou no chilindró?)
Quem não chora não mama!!!

 

Blogger BiPri said ... (domingo, 02 abril, 2006) : 

Agradeço a informação sobre o 73/73. É que no site do Parlamento ainda não há informação nenhuma e é claro que a OA nunca iria fazer propaganda ao chumbo antes de ter pensado muito bem no que vai dizer.

Vou procurar confirmar o facto por outros meios. ;)

Em relação à manifestação, peço que esperem mais um pouco. É que 5ª feira pode haver novidades. Boas ou más, não interessa, mas serão novidades que permitirão ustificar ainda mais as nossas acções.

Quando puder logo vos digo. Talvez amanhã ou 3ª feira. Desculpem o segredo mas tem de ser.

Um abraço,

Diogo Corredoura.

 

Anonymous Anónimo said ... (domingo, 02 abril, 2006) : 

« "Uma separação das águas no que é competência do Ministério e no que é competência da Ordem" que foi aplaudida por Helena Roseta».

Então agora a Roseta já aplaude a separação das águas?

Se sempre soube que a Ordem não tem competência para avaliar cursos, porque teimou durante 5 anos?

E a devolução das centenas de milhares de Euros que roubou às universidades com as acreditações e reconhecimentos?

E os milhares de licenciados lesados?

Esta senhora é uma CHULA da sociedade. Ela, o Nuno Simões, João afonso e companhia...

Em dois mandatos, conseguiram descredibilizar completamente a Ordem, afrontar o Estado, muitos processos em tribunal, não ter capacidade para resolver o problema da admissão, inviabilizar a revisão do 73/73...

Em suma: Está tudo na "estaca zero" ou pior, que há 5 anos!

ESTE "GRUPO" DEVE DEMITIR-SE JÁ!!!

 

Anonymous Anónimo said ... (domingo, 02 abril, 2006) : 

EU ESTOU DISPOSTO A IR ACAMPAR PARA A ORDEM, O TEMPO QUE FÔR PRECISO!

É MAIS DIGNO PASSAR FOME NA ORDEM QUE EM CASA!

 

Anonymous Anónimo said ... (domingo, 02 abril, 2006) : 

Vamos é ter que fazer uma escandaleira em frente da Ordem dos Arquitectos, quiçá uma vigília, greve de fome, etc, etc...
Se não resolverem isto a bem, depois não se queixem. Vai passar a ser a doer...

 

Anonymous Anónimo said ... (domingo, 02 abril, 2006) : 

Diogo:
A propósito de informações, sobre a reunião que houve no ministério com a Salema e o ministro, o que veio cá para fora é que só falaram do futuro. Então e o passado e tudo o que fizeram até aqui. As situações de nós todos. Será que o Ministério ignorou isso????????

Era útil fazer uma requerimento ao ministro a perguntar se a nossa situação foi abordada e qual a posição manifestada pelo ministro sobre este assunto.

 

Blogger BiPri said ... (segunda-feira, 03 abril, 2006) : 

Serão pedidas explicações ao Ministo, não se preocupem.

Os nossos pedidos de reunião foram todos ignorados até ao momento mas não vamos desistir.

De facto só se fala para o futuro mas continuamos a fazer finca-pé num ponto: a APELA estará sempre disponível para colaborar na elaboração de um sistema de admissão que seja justo e legal - mas o mesmo só poderá entrar em vigor com a necessária alteração do Estatuto da OA!

Alteração essa que terá sempre de passar por emissão de nova Lei de Autorização Legislativa pela AR.

Entretanto, o sistema em vigor é ilegal e inconstitucional e todos têm de entrar directamente até que a OA possa criar um novo sistema.

Todos os que estão para trás e todos os que virão até que o Estatuto da OA seja alterado!

Diogo Corredoura

 

Anonymous Anónimo said ... (quinta-feira, 06 abril, 2006) : 

"EU ESTOU DISPOSTO A IR ACAMPAR PARA A ORDEM, O TEMPO QUE FÔR PRECISO!"
EU TAMBÉM, ERA PRECISO É QUE TODOS OS QUE ESTÃO NESTA SITUAÇÃO TIVESSEM ESSA DISPOSIÇÃO, VISTO QUE GERALMENTE SÓ OS MESMOS APARECEM. E SÓ OS MESMOS SÃO POUCOS.

 

Anonymous Anónimo said ... (quinta-feira, 06 abril, 2006) : 

Poucos mas BONS

 

Anonymous Anónimo said ... (sexta-feira, 07 abril, 2006) : 

Isto de acampamentos às vezes é preciso alguém dar o 1º passo.

 

post a comment